Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



VOLVER… carne e alma

por Raul Lufinha, em 22.10.15

VOLVER

VOLVER

A cada novo regresso…

… o VOLVER é um restaurante…

… cada vez mais completo!

E agora, mais ainda, com a nova carta de Inverno...

... cuja secção principal vem dividida em duas partes distintas:

– A “Carne”, mostrando o reforço do posicionamento do VOLVER como um restaurante de referência para se comer carne em Lisboa;

– E a “Alma”, com pratos que preservam a essência e a história do restaurante, desde os tempos iniciais do QUINTA DOS FRADES (“Wellington’s Back!”), passando pelos chefs que se lhe seguiram, nomeadamente Chakall (“Parrillada de Legumes” ou “Polvo ‘à Oaxaca by Chakall’”) e Igor Martinho (“Lascas de Bacalhau”), e chegando até aos dias de hoje, com pratos do chef atual, David Page (“Pato Crocante” e “Risotto de Beterraba”).

Já para não falar das novas sobremesas...

... com a assinatura de Joaquim de Sousa!

 

Cesto de Pão

A abrir a refeição, um cesto de pão – que inclui uns fresquíssimos scones de azeitona (!) – acompanhado de hummus e de uma ótima pasta de azeitona.

 

Burrata, Sopa de Pimento Grelhado e Tomate, Noz-pecã, Ovo

Depois, burrata com uma sopa de tomate e pimento grelhado… e ainda noz-pecã e a surpresa DIY de um lúdico ovo de codorniz cozido… para ralar!

 

Chorizo, Quinoa, Arandos, Coentros

Continuando nas entradas, a fabulosa conjugação… do crocante e intenso chouriço argentino grelhado… com a acidez e a doçura dos arandos… a leveza da quinoa… e a frescura dos coentros – uma incrível e bem-sucedida experiência do menu de tapas, que passou para a carta!

 

Empanadas

E ainda três empanadas diferentes: uma de carne, com molho crioulo de manga; outra, de atum com sultanas e pimentos grelhados, numa mistura doce/salgado tipicamente colombiana; e ainda as famosas humitas sul-americanas, que no VOLVER incluem queijo scamorza.

 

Risotto de Beterraba

O risotto de beterraba tem a assinatura de David Page e é maravilhoso! Com a surpresa de ter espargos verdes… e nozes!

 

Assadeira VOLVER

A Assadeira VOLVER, desta vez com as Ribs ‘Angus Grainfed’ americanas e o corte argentino Entraña Wagyu… batatas, convencionais e doces… e um arroz de pinhões e coentros!

 

Cheese Cake Fumado

Cheese Cake Fumado

Cheese Cake Fumado

Com a assinatura de Joaquim de Sousa, uma sobremesa fabulosa e muito complexa: cheesecake de bacon; chips de beterraba desidratadas e fumadas; geleia de beterraba; compota de framboesa; crumble de amêndoa e bacon; morangos frescos…!

 

Pavlova

E também uma pavlova, com creme de limão, baunilha, framboesa e sorvete de limão.

 

Um restaurante para VOLVER!

 

Ver também:

As novas sobremesas do VOLVER são assinadas por… Joaquim de Sousa (Outubro 2015)

Panna Cotta de Coral de Vieira… com Algas e Ovas de Ouriço-do-Mar (Maio 2015)

Malbec & Touriga Nacional (Maio 2015)

 

VOLVER | Rua Luís de Freitas Branco, 5-D, Lumiar, Lisboa, Portugal | Chef executivo David Page e Chef pasteleiro consultor Joaquim de Sousa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:55


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Agenda

MARÇO
3 -PRÉMIOS ‘BOA CAMA BOA MESA’ Cerimónia de entrega dos prémios do guia Boa Cama Boa Mesa, do jornal Expresso
Até 14 -‘ACONCHEGO CARIOCA’ NO BAIRRO DO AVILLEZ Pop-up do restaurante de Kátia Barbosa, nas varandas do Bairro do Avillez
Até 15 -TEMPORADA DA LAMPREIA NO VARANDA DE LISBOA No restaurante panorâmico do Hotel Mundial, um menu especial dedicado à lampreia

MAIO
19-20 -SYMPOSIUM SANGUE NA GUELRA 2020 Virgilio Martínez, do CENTRAL, em Lima, no Peru, é o primeiro nome confirmado

JUNHO
2 -THE WORLD'S 50 BEST RESTAURANTS 2020

SETEMBRO
12-13 -CHEFS ON FIRE 2020 – FOOD, FIRE & MUSIC Um festival em que os chefs cozinham exclusivamente com fogo durante mais de 24h. Ao fire pit e outras estruturas inéditas junta-se um cartaz de concertos, num projeto de slow cooking que celebra as origens da cozinha, bem como a simplicidade de esperar e de deixar que o tempo e o fogo cuidem dos alimentos


Últimos comentários

  • Anónimo

    Obrigado pelo esclarecimento.

  • Raul Lufinha

    Também coloquei essa questão – o que me foi dito é...

  • Anónimo

    Numa altura em que tanto se fala de igualdade, é a...

  • Raul Lufinha

    Muito obrigado!!!

  • Anónimo

    BRAVO !!!!👏👏👏👏EXCELENTE TEXTO !!

  • Raul Lufinha

  • Anónimo

    Parabéns Chef JOAQUIM de Sousa , Excelente !!!❤️🇵🇹...

  • Raul Lufinha

    1. A categoria das três estrelas é a mais importan...

  • Anónimo

    De verdade que não entendo porque perdem tanto tem...

  • Raul Lufinha

    1. O que é grave é que o que a Michelin anunciou q...



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




subscrever feeds