Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Trufa branca de Alba no COME PRIMA até 5 de novembro

por Raul Lufinha, em 25.10.16

Tanka Sapkota e o inebriante aroma da trufa branca de Alba

Tanka Sapkota e o inebriante perfume da trufa branca de Alba

Já abriu a temporada da trufa branca no COME PRIMA!

Pelo nono ano consecutivo, o restaurante italiano do chef Tanka Sapkota, em Lisboa, apresenta à carta um menu especial dedicado àquele que talvez seja o ingrediente mais apreciado na alta gastronomia – a rara e cara trufa branca da cidade de Alba, no Piemonte, em Itália.

Estando disponível desde hoje e até ao dia 5 de novembro.

Mas somente através de reserva prévia.

Trufa Branca de Alba

Trufa Branca de Alba

Para a temporada da trufa branca do COME PRIMA de 2016, um dos pratos de Tanka Sapkota é composto por dois singelos ovos biológicos, cozinhados a baixa temperatura.

Plenos de sabor, ganham depois uma dimensão absolutamente estratosférica com a junção do esfuziante aroma da trufa branca!

‘Uova biológiche cotto 64º’

‘Uova biológiche cotto 64º’

‘Uova biológiche cotto 64º’

‘Uova biológiche cotto 64º’

‘Uova biológiche cotto 64º’

Outra maravilha que sai da cozinha do COME PRIMA é o tajarin, pasta que – tal como a trufa branca – é uma especialidade do Piemonte!

E que aqui é servido com muita manteiga, cuja saborosa untuosidade liga na perfeição com o avassalador perfume da trufa branca!

‘Tajarin al Burro’

‘Tajarin al Burro’

‘Tajarin al Burro’

‘Tajarin al Burro’

‘Tajarin al Burro’

‘Tajarin al Burro’

Dois dos seis pratos com que Tanka Sapkota, mais uma vez, celebra no COME PRIMA, este ano até 5 de novembro, a rara e inebriante trufa branca de Alba!

 

COME PRIMA

Rua do Olival, 256, Lisboa, Portugal

Chef Tanka Sapkota

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Fico contente que tenha gostado!

  • Anónimo

    Excelente texto !!!Fazer a ponte das “ madalenas “...

  • Raul Lufinha

    Yes!

  • Anónimo

    Tudo queijos portugueses como os chefes que tanto ...

  • Raul Lufinha

    1) Infelizmente, não conheci o da ilha. Mas a part...

  • Anónimo

    Dificil entender como o Kadeau em Copenhaga chegou...

  • Raul Lufinha

    Destes, ainda não.

  • Anónimo

    Já foi a algum destes restaurantesP

  • Raul Lufinha

    Sim, esse restaurante, o GAGGAN, fechou em agosto ...

  • Luis Santos

    Aconteceu alguma coisa ao Gaggan ? Acho um tanto e...



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D