Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Doces petiscos

por Raul Lufinha, em 20.03.20

“Petiscos de Açúcar e de Mel”

O último volume da trilogia de petiscos

Chegou pelo correio a notícia mais doce destes primeiros dias de pandemia e recolhimento.

Isabel Zibaia Rafael e Virgílio Nogueiro Gomes lançaram um novo livro!

Que – melhor ainda – é a conclusão da sua trilogia conjunta dedicada aos petiscos!

Com efeito, depois do “Petiscos e Miudezas à Portuguesa” e do “Petiscos do Rio e do Mar”, o volume final é agora dedicado aos doces.

Chamando-se “Petiscos de Açúcar e de Mel”.

Porém, não é uma obra propriamente só de sobremesas.

São mais – se assim lhes podemos chamar – “petiscos em versão doce”.

De facto – conforme nos explicam os autores – «neste livro encontram receitas que podem ser sobremesas, mas o nosso principal objetivo é preservar a tradição de ter em casa um bolinho, um biscoito ou uma fatia de bolo prontos a comer a qualquer hora do dia. Ou de fazer um agrado quando recebemos os amigos e os familiares em casa, relembrando os modos hospitaleiros de antigamente».

Estando dividido em dois grandes capítulos.

Um primeiro, dedicado ao açúcar.

E depois um segundo em que todas as receitas, para além da maior ou menor quantidade de açúcar, incluem ainda o saboroso toque do mel.

Um livro que, tal como os anteriores, é editado pela Marcador.

Tem as luminosas fotografias de Ricardo Rafael.

E pretende ser um incentivo a que as pessoas se divirtam na cozinha, com receitas fáceis e práticas!

“Petiscos de Açúcar e de Mel”Broas de Café

 

Ver também:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:58

Maria Emília Cancella de Abreu ou como o nacionalismo aplicado à cozinha contribuiu para reforçar a identidade da Cozinha Portuguesa… e continua atual

por Raul Lufinha, em 22.10.19

A homenagem de Fátima Iken a Maria Emília Cancella de Abreu

A homenagem de Fátima Iken a Maria Emília Cancella de Abreu

A jornalista Fátima Iken transformou em livro a Dissertação de Mestrado, que apresentou na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, sobre a influência e o contributo da revista Banquete, publicada entre 1960 e 1974, para o ressurgimento da Cozinha Portuguesa e o papel pioneiro da sua fundadora e única diretora, Maria Emília Cancella de Abreu.

Editado pela Prime Books, “Códice de Sabores Português” é uma obra que tem o notável mérito de nos mostrar como o nacionalismo aplicado à cozinha contribuiu para reforçar a identidade da Cozinha Portuguesa, devido à utilização de conceitos que ainda hoje – passados mais de 50 anos – continuam completamente atuais e de vanguarda, como seja o destaque dado à cozinha tradicional portuguesa, a defesa do “reaportuguesamento” da culinária (então muito afrancesada) e das próprias ementas dos restaurantes (então escritas em francês) ou a valorização dos produtos locais.

Apresentação do “Códice de Sabores Português”, na Casa-Museu Medeiros e Almeida: Rosalina Machado, Lopo Cancella de Abreu (filho mais velho), Virgílio Gomes (autor do prefácio), Fátima Iken (autora do livro), Jaime Cancella de Abreu (editor e filho)Apresentação do “Códice de Sabores Português”, na Casa-Museu Medeiros e Almeida: Rosalina Machado, Lopo Cancella de Abreu (filho mais velho), Virgílio Gomes (autor do prefácio), Fátima Iken (autora do livro), Jaime Cancella de Abreu (editor e filho)

 

P.S. – Obrigado ao Duarte Lebre de Freitas pelo convite para assistir ao lançamento do livro que homenageia a sua Avó materna, um gastrónomo que faz questão de honrar os gastronómicos pergaminhos da sua Avó… e também do seu Avô Lopo, mais conhecido do grande público por ter sido Ministro no primeiro Governo de Marcello Caetano e que, tal como a sua mulher Maria Emília, foi um grande gastrónomo e enófilo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:25

Livros #41: Dicionário prático… da Cozinha Portuguesa

por Raul Lufinha, em 06.11.15

Virgílio Nogueiro Gomes

Virgílio Nogueiro Gomes

Acabou de se confirmar a previsão, feita no dia 1 de janeiro...

... de que em 2015 Virgílio Gomes iria lançar mais um livro…!

Muito útil e de fácil consulta…

… a nova obra de referência de Virgílio Gomes é um dicionário prático…

… da cozinha portuguesa!

Dicionário Prático da Cozinha Portuguesa 

O novo livro de Virgílio Gomes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:49

Henrique Mouro está de volta

por Raul Lufinha, em 15.04.15

Henrique Mouro & Pedro Lemos

Henrique Mouro e Pedro Lemos

Henrique Mouro está de volta!

E na edição de 2015 do Congresso dos Cozinheiros recordou os bons velhos tempos do VALLE FLÔR de Aimé Barroyer…

… num emocionante reencontro com Pedro Lemos!

Tendo ambos voltado a cozinhar em conjunto…

… numa demonstração culinária moderada por Virgílio Gomes e em que também subiu ao palco Tomasz Bazyl.

Um momento histórico!

E a abrir o apetite para o novo projecto de Henrique Mouro – será lá mais para o fim do Verão, no centro de Lisboa…

Pedro Lemos, Henrique Mouro, Tomasz Bazyl, Virgílio Gomes

Pedro Lemos, Henrique Mouro, Tomasz Bazyl, Virgílio Gomes

Pedro Lemos e Henrique Mouro

Pedro Lemos e Henrique Mouro… cozinhando novamente juntos

Henrique Mouro

Henrique Mouro... com motivos para sorrir!

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:57

2015, chegou a hora

por Raul Lufinha, em 01.01.15

Está na hora?

Está na hora... de um novo livro de Virgílio Gomes?

Depois dos petiscos em 2013 e dos doces em 2014...

... talvez a previsão mais segura para 2015 seja mesmo a de que este ano…

… Virgílio Gomes irá lançar mais um dos vários livros que já tem prontos!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Livros #36: Os doces da vida de Virgílio Gomes

por Raul Lufinha, em 22.10.14

Virgílio Gomes… e os doces da sua vida

Homenagem às mulheres doceiras do nosso país e viagem pelas doces memórias da nossa infância...

... o novo livro de Virgílio Gomes é dedicado aos segredos e maravilhas da doçaria tradicional portuguesa.

Livro apresentado por Alexandra Prado Coelho… no Museu da Cidade de Lisboa, ao Campo Grande

Como o Virgílio gosta de dizer com o seu ar de menino traquina...

... um livro de gulodices…

… para comer até “lamber os dedos”…!

Doces da Nossa Vida – segredos e maravilhas da doçaria tradicional portuguesa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:41

Renato & Dalila: as muitas cores do FERRUGEM

por Raul Lufinha, em 05.08.14

Renato e Dalila Cunha

Com o FERRUGEM chegou a côr!

Claro que o Renato e a Dalila sabem perfeitamente que em primeiro lugar está o sabor… só depois vêm as texturas, os aromas e, por fim, as cores!

Mas é precisamente por isso, por serem aparentemente menos importantes, que o Renato e a Dalila vieram ao Congresso dos Cozinheiros… trabalhar as cores!

… numa apresentação moderada pelo gastrónomo Virgílio Gomes

Daí que tenham apresentado dois pratos – e duas lógicas – completamente diferentes.

Primeiro, um ensaio sobre a cor – um prato experimental, que não está na carta do FERRUGEM… mas que é um desafio!

Tendo o Renato e a Dalila escolhido o Bacalhau com Todos… em versão de Verão, numa salada fria…

… sem batata; com cebolas amarelas (por efeito da açafroa dos Açores) e encarnadas (por causa da beterraba); com cenouras naturalmente laranjas, amarelas e vermelhas; com o verde dado pelos micro-verdes…

Sempre muita côr!

Bacalhau com Todos

A segunda proposta, completamente diferente da anterior, foi um dos pratos mais cromáticos do FERRUGEM, apenas a preto e branco – “o Robalo, a Cabidela e o Nabo num Retrato a Preto e Branco da Costa Verde”!

Somente três elementos essenciais – o robalo, o arroz e o nabo – e um quarto que é acessório, o crocante, e que tem por missão abrir as papilas gustativas!

Sendo tudo a preto e branco!

A Preto e Branco

Dois belos exemplos de como uma aldeia no Minho… pode ser uma sofisticada referência cosmopolita!

 

Ver também:

Congresso dos Cozinheiros... pela primeira vez aberto ao grande público

 

Congresso dos Cozinheiros | Espaço L da LX Factory, Lisboa, Portugal | 4 a 7 Julho 2014

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:02

O Virgílio, o telemóvel, a Isabel e o Delicioso Piquenique

por Raul Lufinha, em 26.07.14

 

Ver também:

Delicioso Piquenique, o novo livro de Isabel Zibaia Rafael

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:03

António Nobre e o chouriço de carne… que no Baixo Alentejo se chama linguiça

por Raul Lufinha, em 24.07.14

Chef dos hotéis M’AR DE AR em Évora…

… e grande divulgador da cozinha alentejana…

… António Nobre é natural de Beja.

Terra onde se chama linguiça…

… ao que em Lisboa conhecemos por chouriço de carne.

Pois António Nobre foi ao Congresso dos Cozinheiros…

… mostrar como se faz um chouriço de carne!

Fumado em lenha de azinho, o chouriço de carne (ou linguiça do Baixo Alentejo) é tripa de suíno… enchida com uma preparação de carne e gordura de porco da raça alentejana, sal, pimentão, alho, vinho branco da região, cravinho, colorau, pimenta…

Tendo a apresentação do chef alentejano sido moderada pelo investigador e gastrónomo Virgílio Gomes.

Autêntico tesouro da gastronomia alentejana passado de geração em geração…

… no final da apresentação António Nobre deu a provar a toda a gente a tradicional linguiça do Baixo Alentejo!

Era mesmo muito boa!

 

Ver também:

Congresso dos Cozinheiros... pela primeira vez aberto ao grande público

 

Congresso dos Cozinheiros | Espaço L da LX Factory, Lisboa, Portugal | 4 a 7 Julho 2014 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:14

Livros #26: Virgílio Gomes e as grandes maravilhas da cozinha portuguesa

por Raul Lufinha, em 13.11.13

Virgílio Gomes...

O novo livro do gastrónomo e investigador Virgílio Gomes é uma viagem pelas grandes maravilhas da cozinha portuguesa.

E embora tenha os “Petiscos” no título, esse é apenas o ponto de partida para um roteiro gastronómico bem mais amplo.

... autografando o seu novo livro

Na verdade, continua pelas Entradas e pelo Pão; avança para as Sopas e Caldos; segue até às Açordas, Migas e Ovos; vai depois para os Peixes, Mariscos e Caldeiradas; segue para o Bacalhau, Polvo e Moluscos; continua pelo Arroz e Feijoadas; passa para as Carnes; e termina com a Doçaria.

Virgílio Gomes e Maria de Lourdes Modesto

Mas Virgílio Gomes não se ficou por aqui, pois imprimiu ainda um cunho culinário ao seu novo livro, com a inclusão de vinte e uma receitas.

A apresentação esteve a cargo de Maria de Lourdes Modesto e Simonetta Luz Afonso

Editado pela Marcador, a apresentação do “Tratado do Petisco e das Grandes Maravilhas da Cozinha Nacional” decorreu na Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa.

 

Fotografias: Marta Felino / Flash Food

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:19


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D