Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Novas colheitas Ribafreixo à mesa do RESTAURANTE DA ADEGA

por Raul Lufinha, em 17.07.19

Catarina Parreira, Chef do RESTAURANTE DA ADEGA, e Mário Pinheiro, CEO da Ribafreixo WinesCatarina Parreira, Chef do RESTAURANTE DA ADEGA, e Mário Pinheiro, CEO da Ribafreixo Wines

 

Após o piquenique de boas-vindas na vinha (para dar a conhecer o novo espumante Gáudio e o mais recente rosé Cashmere) e depois da subsequente visita à adega (que foi conduzida pelo enólogo Paulo Laureano e incluiu a prova de barrica do Tinta Miúda), a manhã de apresentação das novas colheitas da Ribafreixo Wines foi concluída à mesa da Chef Catarina Parreira, com um almoço tipicamente alentejano no RESTAURANTE DA ADEGA em que todos os vinhos, sem exceção, tiveram como traço comum uma sensação de enorme mineralidade, um final de boca mineral.


Algo que, no entendimento do enólogo Paulo Laureano, tem a sua origem no solo especial das vinhas da Ribafreixo na Vidigueira – um xisto mais jovem e mais negro.


E que faz toda a diferença!

 

Ribafreixo Wines

Para começar…

Ribafreixo Wines

… petiscos alentejanos

Pato Frio Selecção Branco 2018

Pato Frio Selecção Branco 2018 – Antão Vaz (50%), Arinto (25%) e Síria (25%)

Pato Frio Selecção Branco 2018

Pato Frio Antão Vaz Branco 2018 – fresco e mineral, ótimo equilíbrio fruta/frescura

Gáudio Alvarinho Branco 2018

Gáudio Alvarinho Branco 2018 – um Alvarinho alentejano fresco e mineral

Mário Pinheiro

Entretanto Mário Pinheiro foi buscar uma maravilhosa surpresa…

O primeiro Alvarinho da Ribafreixo, de 2012

… o primeiro Alvarinho da Ribafreixo, de 2012, já muito mais complexo, mas em que a mineralidade continua lá

Gáudio Verdelho Branco 2018

Gáudio Verdelho Branco 2018 – mineralidade e ótima estrutura, um vinho cheio

Connections Chenin Blanc Branco 2018

Connections Chenin Blanc Branco 2018 – o regresso do elegante vinho que representa a ligação de Mário Pinheiro à África do Sul

Paulo Laureano

Paulo Laureano e uma novidade que só vai ser lançada em agosto…

Pato Frio Grande Escolha Antão Vaz Branco 2017

… Pato Frio Grande Escolha Antão Vaz Branco 2017 – produzido a partir de uvas provenientes de vinhas velhas com mais de 45 anos, com fermentação e estágio parcial em barricas de carvalho francês, é um branco fresco e suculento, estruturado, com largura de boca, grande complexidade e enorme capacidade de evolução

Sopa de cação

Sopa de cação

Sopa de cação

Sopa de cação

Sopa de cação

Pato Frio Red Edition Tinto 2016

Pato Frio Red Edition Tinto 2016 – Aragonez (60%), Alfrocheiro (20%) e Alicante Bouschet (20%)

Gáudio Clássico Tinto 2015

Gáudio Clássico Tinto 2015 – Touriga Nacional (40%), Alicante Bouschet (40%), Aragonez (10%) e Tinta Miúda (10%), elegante, fresco e desafiante, será lançado no outono

Gáudio Reserva Tinto 2015

Gáudio Reserva Tinto 2015 – Alicante Bouschet (80%) e Touriga Nacional (20%), o robusto topo de gama da Ribafreixo Wines até ter chegado o varietal de Alicante Bouschet de 2014

Herdade do Moinho Branco Tinto 2014

Herdade do Moinho Branco Tinto 2014 – 100% Alicante Bouschet, o novo topo de gama da Ribafreixo Wines

Cozido de grão

Cozido de grão

Gáudio Licoroso 2017 (amostra de barrica)

Gáudio Licoroso 2017 (amostra de barrica) – um vinho que ainda não está pronto, mas que em boa hora foi dado a provar, de modo a demonstrar que o Antão Vaz desenhado como um extraordinário licoroso, para além de engenho e arte, precisa efetivamente de tempo de barrica para atingir todo o seu esplendor

Encharcada

Encharcada

Chef Catarina Parreira

Chef Catarina Parreira – uma cozinha tradicional alentejana sempre com muito sabor, no RESTAURANTE DA ADEGA da Ribafreixo Wines

(fim)

Ver também:


RESTAURANTE DA ADEGA   
Ribafreixo Wines, Herdade do Moinho Branco, Vidigueira, Alentejo, Portugal
Chefe Catarina Parreira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58

Tinta Miúda, prova de barrica

por Raul Lufinha, em 03.07.19

Enólogo Paulo LaureanoEnólogo Paulo Laureano e o Tinta Miúda 2018


Há provas na adega que são notáveis porque temos o privilégio de conhecer – e perceber – um vinho ainda numa fase muito inicial, sem estar sequer engarrafado. Algo a que só os enólogos da casa têm acesso.


E depois há outras provas, ainda mais especiais, em que temos o privilégio adicional de conhecer um vinho… que nunca chegará sequer a ser engarrafado como tal! Em que temos o privilégio de provar um vinho… que nunca irá existir! Que nunca será lançado como tal no mercado! Nomeadamente, porque irá antes fazer parte do lote de outro vinho! Será, não o vinho futuro, mas apenas uma parte do vinho futuro! Daí ser tão interessante conhecer individualmente essa parcela do lote... e perceber qual será o seu contributo para o todo! Sendo pois, naturalmente, um vinho a que, em condições normais, apenas os enólogos da casa teriam acesso.


Ora, foi precisamente isto o que sucedeu agora com o maravilhoso Tinta Miúda de 2018 da Ribafreixo Wines.


De facto, após o piquenique de boas-vindas na vinha para dar a conhecer o espumante Gáudio e o rosé Cashmere, o programa de apresentação das novas colheitas prosseguiu com uma visita guiada à adega, conduzida pelo enólogo Paulo Laureano e que culminou na tão extraordinária quanto pedagógica prova de barrica daquela famosa casta tinta a que na Rioja espanhola dão o nome de Graciano – a Tinta Miúda!


Aqui, na Vidigueira, o vinho de Tinta Miúda tem um ótimo perfil aromático, melhor do que o da casta Petit Verdot.


Tem uma boa acidez.


Tem uma grande concentração de taninos.


E, sendo seco, tem uma leve doçura final na boca.


Porém, como explicou o enólogo Paulo Laureano, o Tinta Miúda da Ribafreixo – daí o valor e a importância desta prova – nunca poderá ser lançado como monocasta!


Por uma razão muito simples!


É que faz parte do lote do Gáudio Clássico!


Com efeito, para além de Touriga Nacional (40%), Alicante Bouschet (40%) e Aragonez (10%), o blend do Gáudio Clássico inclui ainda 10% de Tinta Miúda!


Pelo que o lançamento do Tinta Miúda como monocasta implicaria sempre… sacrificar o Gáudio Clássico!


Embora seja efetivamente uma pena este vinho extraordinário não chegar ao conhecimento do grande público!


Veremos…


Quem sabe se no futuro não acabará por ser lançada uma edição especial, muito limitada, de Tinta Miúda em varietal!


Esperemos que sim!

 

Ribafreixo WinesA qualidade do premiado enoturismo da Ribafreixo Wines nota-se no requinte dos pormenores

 

 

(continua)


Ver também:

 

Ribafreixo Wines
Adega Moinho Branco, Vidigueira, Alentejo, Portugal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:07

Piquenique na vinha

por Raul Lufinha, em 22.06.19

Nuno Bicó, Mário Pinheiro, Paulo LaureanoNuno Bicó, Mário Pinheiro, Paulo Laureano


Conduzida pelos dois sócios, Mário Pinheiro e Nuno Bicó, e também pelo enólogo Paulo Laureano, a visita à Ribafreixo Wines, na Vidigueira, para a apresentação das novas colheitas, começou com um piquenique na vinha, a meio da manhã.


Petiscos alentejanos.


E dois vinhos frescos, um espumante e um rosé.


Primeiro, o Gáudio Brut Nature, um elegante e harmonioso espumante 100% Antão Vaz com nove meses de estágio em garrafa, cujo vinho base não é apenas de 2016 mas antes um lote especial de três colheitas feito por Paulo Laureano de modo a obter uma vigorante frescura, que, a par da elevada complexidade aromática e de uma excelente estrutura de boca, vem, mais uma vez, demonstrar o enorme potencial da casta nesta sub-região alentejana.


E depois o Pato Frio Cashmere já de 2018. Agora numa nova garrafa, continua a ser um elegante e sedutor rosé salmão claro, produzido exclusivamente a partir de Touriga Nacional, com notas de lichias e groselhas maduras, imensa frescura e aquele final mineral tão típico dos vinhos da Ribafreixo.

 

Ribafreixo Wines, na VidigueiraPiquenique na vinha

 

Ribafreixo Wines, na VidigueiraPetiscos alentejanos e dois novos vinhos

 

Ribafreixo Wines, na VidigueiraEspumante Gáudio…

 

Ribafreixo Wines, na Vidigueira… Brut Nature 2016

 

Ribafreixo Wines, na VidigueiraPato Frio Rosé Cashmere 2018

 

Ribafreixo Wines, na VidigueiraA seguir, a visita prosseguiu…

 

Ribafreixo Wines, na Vidigueira… rumo à adega

 

(continua)

 

Ver também:

 

Ribafreixo Wines
Adega Moinho Branco, Vidigueira, Alentejo, Portugal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:58

Na Vidigueira, o RESTAURANTE DA ADEGA

por Raul Lufinha, em 26.09.18

Catarina Parreira

Catarina Parreira

O projeto de enoturismo da Ribafreixo Wines, na Vidigueira, inclui também um luminoso restaurante panorâmico, com vista para as vinhas da Herdade do Moinho Branco.

Chama-se RESTAURANTE DA ADEGA.

É liderado pela chefe Catarina Parreira.

E celebra os sabores tradicionais do Alentejo.

Bem como os vinhos da Vidigueira!

Pato Frio Rosé Cashmere 2016

As boas vindas, na varanda e com rosé

Pato Frio Rosé Cashmere 2016

Pato Frio Rosé Cashmere 2016

Petiscos alentejanos

Petiscos alentejanos

Pato Frio Antão Vaz Branco 2016

Pato Frio Antão Vaz Branco 2016

Sopa de cação

Sopa de cação

Pato Frio Grande Escolha Antão Vaz Branco 2015

Pato Frio Grande Escolha Antão Vaz Branco 2015

Costeletas de borrego

Costeletas de borrego

Gáudio Reserva Tinto 2013

Gáudio Reserva Tinto 2013…

Gáudio Reserva Tinto 2013

… decantado por Helena Vieira

Vinho surpresa

Entretanto, Liliana Pereira deu-nos a provar uma prometedora surpresa tinta, ainda sem rótulo…

Vinho surpresa

… cujo lançamento está previsto para este outono!

Degustação de sobremesas… com o Gáudio Licoroso, 100% Antão Vaz

Degustação de sobremesas… com o Gáudio Licoroso, 100% Antão Vaz

O RESTAURANTE DA ADEGA, no topo da colina

O RESTAURANTE DA ADEGA, no topo da colina

 

Ver também:

 

RESTAURANTE DA ADEGA

Ribafreixo Wines, Herdade do Moinho Branco, Vidigueira, Alentejo, Portugal

Chefe Catarina Parreira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

O único Chenin Blanc português

por Raul Lufinha, em 16.06.16

Mário Pinheiro

Mário Pinheiro

A forte aposta da Ribafreixo Wines em castas portuguesas tem apenas uma exceção – Chenin Blanc!

Originária do Vale do Loire, é uma homenagem do produtor Mário Pinheiro à variedade mais cultivada na África do Sul – onde viveu quase toda a vida – e cujos vinhos tanto aprecia.

Sendo também uma concretização da ambicionada busca da Ribafreixo pela diferenciação e exclusividade.

Com efeito, o Connections Chenin Blanc – nome dado precisamente devido à ligação emocional aos dois países e à casta – é o único vinho feito em Portugal a partir desta variedade de uvas!

Chenin Blanc no terroir da Vidigueira

Chenin Blanc no terroir da Vidigueira

Revelando-se aromático no nariz, marcado por notas florais e fruta madura.

E sendo depois elegante na boca, demonstrando estrutura e complexidade, bem como um excelente equilíbrio entre a mineralidade e a acidez características não apenas da casta mas também da Vidigueira, com um final longo e sedutor.

Tendo sido produzidas somente 7000 garrafas da colheita de 2015.

Fazendo do único Chenin Blanc português um vinho diferente… e original!

Connections Chenin Blanc branco 2015

Connections Chenin Blanc branco 2015

 

Ver também:

Ribafreixo, enoturismo na Vidigueira

Vidigueira Wine Lands… também de tintos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:56

Ribafreixo, enoturismo na Vidigueira

por Raul Lufinha, em 04.04.16

Mário Pinheiro

Mário Pinheiro

O projeto Ribafreixo Wines…

… vai muito para além dos vinhos!

Claro que na sua essência estão os vinhos frescos e minerais do terroir da Vidigueira, desenhados em colaboração com o enólogo Paulo Laureano.

Nos 114 hectares da Herdade do Moinho Branco, entre as castas brancas, predomina a autóctone Antão Vaz, complementada por Arinto, Verdelho, Síria, Alvarinho e, grande surpresa, Chenin Blanc (!), casta originária do Vale do Loire muito cultivada no Novo Mundo; já nas tintas, há uma prevalência de Alicante Bouschet, conjugada ainda com Touriga Nacional, Alfrocheiro, Tinta Miúda e Aragonez...

... sendo a oferta da Ribafreixo Wines composta por quatro marcas diferentes – Pato Frio, Gáudio, Connections e Barrancôa.

Contudo, o projeto vinícola de Mário Pinheiro e Nuno Bicó tem também uma importante componente dedicada ao…

… enoturismo!

Tendo sido construída, na herdade…

… a Adega Moinho Branco.

Cujo edifício alberga igualmente…

… uma sala de provas, muito utilizada nas visitas guiadas às vinhas e à adega…

… uma loja de vinhos…

… uma zona de bar e lazer, com uma deslumbrante varanda sobre as vinhas da herdade…

… e ainda, o que faz todo o sentido porque os vinhos da Vidigueira são extremamente gastronómicos, um restaurante de cozinha tradicional alentejana de grande qualidade – o RESTAURANTE DA ADEGA – à frente do qual está a experiente chefe Paula Caetano, antiga proprietária do conhecido VILA VELHA, na Vidigueira!

Sendo a Herdade do Moinho Branco, da Ribafreixo Wines, mais um bom motivo para visitarmos...

... a vila alentejana da Vidigueira!

Herdade do Moinho Branco

Herdade do Moinho Branco

Alicante Bouschet

Alicante Bouschet

Arinto

Arinto

Adega Moinho Branco

Adega Moinho Branco

A vista da varanda

A vista da varanda

Zona de lazer

Zona de lazer

Mário Pinheiro à entrada do RESTAURANTE DA ADEGA

Mário Pinheiro à entrada do RESTAURANTE DA ADEGA

Chefe Paula Caetano

Chefe Paula Caetano

Produtos e sabores do Alentejo

Produtos e sabores do Alentejo: Queijo de Cabra Fresco, da Vidigueira

Cozinha tradicional alentejana: Espargos com Ovos

Cozinha tradicional alentejana: Espargos com Ovos

Gáudio Verdelho branco 2015

Gáudio Verdelho branco 2015

Pato Frio tinto 2013

Pato Frio Red Edition 2013

Manuel Narra, Presidente da Câmara Municipal de Vidigueira, entre os dois sócios da Ribafreixo Wines, Manuel Pinheiro e Nuno Bicó

Manuel Narra, Presidente da Câmara Municipal de Vidigueira, entre os dois sócios da Ribafreixo Wines, Mário Pinheiro e Nuno Bicó

Ribafreixo Wines, enoturismo na Vidigueira

Ribafreixo Wines, enoturismo na Vidigueira

 

RESTAURANTE DA ADEGA | Ribafreixo Wines, Adega Moinho Branco, Vidigueira, Portugal | Chefe Paula Caetano

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:45

Vidigueira Wine Lands… também de tintos

por Raul Lufinha, em 25.03.16

Luís Leal, Daniela Almeida (Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito), Tiago Alves (Herdade da Lisboa), Mariana Lança (Herdade Grande), Reto Jörg (Quinta do Quetzal e Presidente da Vidigueira Wine Lands), Mário Pinheiro (Ribafreixo Wines), Manuel Narra (Presidente da Câmara Municipal da Vidigueira), João Carmona (Casa Agrícola Herdade do Monte da Ribeira) e Nuno Bicó (Ribafreixo Wines)

Luís Leal, Daniela Almeida (Adega Cooperativa de Vidigueira, Cuba e Alvito), Tiago Alves (Herdade da Lisboa), Mariana Lança (Herdade Grande), Reto Jörg (Quinta do Quetzal e Presidente da Vidigueira Wine Lands), Mário Pinheiro (Ribafreixo Wines), Manuel Narra (Presidente da Câmara Municipal da Vidigueira), João Carmona (Casa Agrícola Herdade do Monte da Ribeira) e Nuno Bicó (Ribafreixo Wines)

Para além de ser naturalmente uma terra de brancos…

… a Vidigueira é também um terroir de tintos de excelência!

Os quais, diferentes do perfil do alentejano tradicional…

… têm, tal como os brancos da Vidigueira, uma enorme frescura e mineralidade!

Conforme ficou demonstrado na mais recente iniciativa da 'Vidigueira Wine Lands', associação de produtores da região que inclui igualmente a Câmara Municipal:

Um almoço no RESTAURANTE DA ADEGA da Herdade do Moinho Branco…

… antecedido da apresentação dos novos vinhos da colheita de 2015, junto às ruínas da villa romana de São Cucufate.

Tintos de excelência da Vidigueira: Pousio Reserva 2013, Herdade Grande Gerações 2012, Pato Frio 2013, Quinta do Quetzal Reserva 2011, Paço dos Infantes 2012, Vidigueira Grande Escolha 2014

Tintos de excelência da Vidigueira: Pousio Reserva 2013, Herdade Grande Gerações 2012, Pato Frio 2013, Quinta do Quetzal Reserva 2011, Paço dos Infantes 2012, Vidigueira Grande Escolha 2014

Novas colheitas: Guadalupe branco 2015 (amostra do depósito), Vidigueira Antão Vaz branco 2015, Convés Antão Vaz branco 2015, Herdade Grande branco 2015, Paço dos Infantes branco 2015, Pato Frio Grande Escolha branco 2014, Pousio Escolha branco 2014, Guadalupe Winemaker’s Selection tinto 2012, Pousio Escolha tinto 2013, Gáudio Reserva tinto 2012, Vidigueira Alicante Bouschet tinto 2014, Herdade Grande Reserva tinto 2011

Novas colheitas: Guadalupe branco 2015 (amostra do depósito), Vidigueira Antão Vaz branco 2015, Convés Antão Vaz branco 2015, Herdade Grande branco 2015, Paço dos Infantes branco 2015, Pato Frio Grande Escolha branco 2014, Pousio Escolha branco 2014, Guadalupe Winemaker’s Selection tinto 2012, Pousio Escolha tinto 2013, Gáudio Reserva tinto 2012, Vidigueira Alicante Bouschet tinto 2014, Herdade Grande Reserva tinto 2011

As ruínas da villa romana de São Cucufate

As ruínas da villa romana de São Cucufate

As ruínas da villa romana de São Cucufate

As ruínas da villa romana de São Cucufate

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:42


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Agenda

23/9 FOOD MEETS SCIENCE
24/9 ALENTEJO MARMÒRIS Pedro Mendes + Louis Anjos BON BON + Joaquim de Sousa JNĉQUOI & LADURÉE
24/9 THE BEST CHEF AWARDS 2019
26/9 EGOÍSTA Abade de Priscos, Jantar Rei D. Luís
29 e 30/9 CONGRESSO DOS COZINHEIROS
3/10 RITZ'S SECRET ROOM Henrique Sá Pessoa ALMA + José Avillez BELCANTO
14/11 EGOÍSTA Infante D. Henrique, Plano Conquista Ceuta
20/11 GUIA MICHELIN ESPANHA & PORTUGAL 2020
1/12 ONCE UPON A KITCHEN
14/12 FÄVIKEN último serviço


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Sim, queijo e vinho é sempre uma maravilha!

  • Babi Baila

    Eu não entendo nada sobre queijos, mas sempre gost...

  • Luis

    Cerveja sem espumaVai lá vaiSo mesmo para bom ente...

  • Raul Lufinha

    Sim, muito estimulante!

  • Anónimo

    Muito bom !!!Bom produto e sabores fortes do Algar...

  • Raul Lufinha

    Sim, não é por acaso que é "a chef dos chefes"! ;-...

  • Taciana Felino Rodrigues

    A Maior Chef do Algarve !!!!! A Rainha 👑 !!!! Que...

  • Anónimo

    Pensava que tinha ido como convidado. Por uma ques...

  • Raul Lufinha

    Encontra aqui:https://www.thefork.pt/restaurante/b...

  • Anónimo

    Preço da refeição?



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D