Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BAGOS CHIADO, o reencontro com os sabores da cozinha de Henrique Mouro

por Raul Lufinha, em 17.07.16

Henrique Mouro

Henrique Mouro

Na véspera da abertura oficial do BAGOS CHIADO, já deu para perceber muito do que será o novo projeto.

Cozinha aberta, com Henrique Mouro a empratar de frente para a sala…

… e os bagos de arroz presentes em todos os pratos, mas apenas como mero pretexto para o feliz regresso aos sabores de sempre da cozinha de Henrique Mouro!

 

Nigiri de bacalhau

Para começar, a goma inconfundível dos arrozes de Henrique Mouro, bem como os sabores do saté e dos rebentos de coentros… num nigiri de bacalhau deliciosamente salgado e com o toque final da pele assada nas brasas!

 

Arroz de tamboril

Depois, o reencontro com os saudosos arrozes caldosos de Henrique Mouro… num muito saboroso arroz de tamboril com tomate, manjericão e azeitonas!

 

Arroz de cabidela

Para prato de carne, um extraordinário arroz de cabidela – simultaneamente bastante intenso de sabor mas muito delicado – que por si só já seria um prato magnífico… e ao qual Henrique Mouro ainda junta perna de frango recheada de farinheira, com a pele estaladiça!

 

Arroz doce

Dos doces da carta, Henrique Mouro escolheu pera cozida em vinho branco, servida com um creme de arroz doce!

 

Henrique Mouro e João Magro

Henrique Mouro e João Magro

Na cozinha, o braço direito de Henrique Mouro no BAGOS CHIADO é João Magro

 

Henrique Mouro e João Jorge

Já a carta de vinhos, foi desenhada por João Jorge...

 

Os vinhos escolhidos por João Jorge

... ficando aqui um exemplo das suas sugestões para esta noite: o espumante Aliança Baga Bairrada Reserva Bruto de 2014; um Sauvignon Blanc de 2014, o Vicentino, feito por Bernardo Cabral; o Touriga Nacional da Casa Américo de 2012; e o Moscatel de Setúbal de Joaquim Arnaud de 2012

 

Ver também:

Abre hoje o BAGOS CHIADO de Henrique Mouro

 

Fotografias: Raul Lufinha e Marta Felino 

BAGOS CHIADO | Rua António Maria Cardoso, 15-B, Lisboa, Portugal | Chef Henrique Mouro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:08

Abre hoje o BAGOS CHIADO de Henrique Mouro

por Raul Lufinha, em 06.07.16

Henrique Mouro

Henrique Mouro

É a grande notícia da temporada: Henrique Mouro regressa hoje aos restaurantes com um novo projeto no centro de Lisboa, o BAGOS CHIADO.

Dedicado a um dos produtos que o chefe melhor trabalha – o arroz – e que, de uma forma muitas vezes imprevisível, acaba por estar presente em todos os pratos da carta, o BAGOS CHIADO retoma os maravilhosos sabores de sempre de Henrique Mouro e também uma das suas imagens de marca: a cozinha aberta!

Muitas felicidades, Henrique!

Henrique Mouro

Cozinha aberta…

Henrique Mouro

… virada para a sala

 

BAGOS CHIADO | Rua António Maria Cardoso, 15-B, Lisboa, Portugal | Chef Henrique Mouro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:45

O menu-dominó de Vítor Claro

por Raul Lufinha, em 18.08.14

Dominó não é apenas o nome do vinho de Vítor Claro

O novo menu de Verão de Vítor Claro, mais do que um jogo de sabores, é um autêntico dominó de sabores!

Tal como no jogo de dominó, em que cada pedra tem dois lados… e em que a pedra seguinte tem que ter um lado em comum com a anterior…

… também no menu de degustação de Vítor Claro cada um dos pratos tem dois sabores dominantes… e depois um deles estará igualmente presente no prato seguinte!

Um desafio estimulante, a não perder!

Menu-dominó, o formato da carta de Verão do CLARO!

bacalhau | tomate

tomate | frutos secos

frutos secos | mar

mar | aipo

aipo | maçã

maçã | hortelã

hortelã | côco

côco | chocolate

Esta lógica conceptual do menu-dominó, em que um dos sabores transita do prato anterior, é um regresso ao que Vítor Claro fazia em 2004 no PICA NO CHÃO…

… e naturalmente só funciona se os pratos forem bons… e se os sabores estiverem bem definidos – mas quanto a estes dois aspectos, a alta qualidade da cozinha autêntica e minimalista de Vítor Claro é uma garantia de sucesso.

Mais ainda: quando bem feitos, quando bem executados, são estes jogos conceptuais que marcam a diferença e permitem ir mais além – veja-se o caso do saudoso menu em grelha de Daniel Humm, que lançou o ELEVEN MADISON PARK para a estratosfera da gastronomia mundial.

A vista do CLARO!

O menu-dominó, um desafio de sabores... a não perder este Verão no CLARO! 

 

Ver também:

Dominó, o vinho de Vítor Claro

 

CLARO! | Hotel Solar Palmeiras, Avenida Marginal, Curva dos Pinheiros, Paço d’Arcos, Portugal | Chef Vítor Claro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:03


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Fico contente que tenha gostado!

  • Anónimo

    Excelente texto !!!Fazer a ponte das “ madalenas “...

  • Raul Lufinha

    Yes!

  • Anónimo

    Tudo queijos portugueses como os chefes que tanto ...

  • Raul Lufinha

    1) Infelizmente, não conheci o da ilha. Mas a part...

  • Anónimo

    Dificil entender como o Kadeau em Copenhaga chegou...

  • Raul Lufinha

    Destes, ainda não.

  • Anónimo

    Já foi a algum destes restaurantesP

  • Raul Lufinha

    Sim, esse restaurante, o GAGGAN, fechou em agosto ...

  • Luis Santos

    Aconteceu alguma coisa ao Gaggan ? Acho um tanto e...


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D