Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


BON BON reabre 5 de abril com novo Chef

por Raul Lufinha, em 02.04.21

José Lopes, novo Chef do estrelado BON BON

José Lopes, novo Chef do estrelado BON BON

Com a autorização dada pelo Governo para a reabertura das esplanadas dos restaurantes no dia 5 de abril, será já na próxima segunda-feira que o BON BON – restaurante do Sommelier Nuno Diogo com uma estrela Michelin, no Algarve, entre o Carvoeiro e Lagoa – irá reabrir o seu terraço.

Por agora – e enquanto não forem permitidas refeições no interior – para servir almoços, de segunda a sexta-feira.

Uma reabertura que marca também a estreia do novo Chef do BON BON.

O escolhido é José Lopes, 31 anos, antigo Chefe Residente do ELEVEN do Chef Joachim Koerper, que começou a carreira no A VER TAVIRA e recentemente tinha liderado a cozinha dos projetos PÃO À MESA e CLUBE LISBOETA.

Sucede a Louis Anjos e Rui Silvestre.

E o objetivo do BON BON é prosseguir a linha, definida desde o início pelo Sommelier e proprietário Nuno Diogo, de ser um restaurante de excelência – em termos de cozinha, vinho e serviço –, a qual lhe permitiu ser distinguido, há já seis anos consecutivos, com uma estrela Michelin.

 

Fotografia: BON BON (via Observador)

 

Ver também:

 

BON BON
Urbanização Cabeço de Pias, Sesmarias de Carvoeiro, Lagoa, Algarve, Portugal
Chef José Lopes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33

Apertelências do verão de 2020. O último menu de Louis Anjos no BON BON

por Raul Lufinha, em 03.02.21

Agosto de 2020 – Chefe Louis Anjos e Subchefe Ricardo Luz

Agosto de 2020 – Chefe Louis Anjos e Subchefe Ricardo Luz

A palavra “apertelência” não vem no dicionário.

Porém, é um regionalismo que, no Algarve, significa “ousadia”, “atrevimento”.

E foi precisamente esse o nome dado ao menu de resposta à pandemia que o BON BON apresentou após o desconfinamento de 2020 e que chegou a lotar o restaurante durante o verão: “Menu Apertelência”.

Menu que, depois, ganhou um significado ainda mais especial após o termo da temporada de 2020 e o anúncio da renovação da Estrela Michelin do BON BON para 2021, quando foi tornada pública a saída do Chef Louis Anjos para o resort PALMARES, em Lagos.

Com efeito, este “Menu Apertelência” acabou então também por ser… o último menu de Louis Anjos no BON BON, o último menu destes três intensos anos de Louis Anjos no BON BON!

Um menu novo, completamente diferente daquele que Louis Anjos tinha concebido antes do início da pandemia.

E talvez o mais algarvio dos menus de Louis Anjos, o de sabores mais algarvios.

Um menu do qual ficam na memória, desde logo, dois pratos absolutamente extraordinários!

Dois pratos – em nossa opinião – ao nível dos melhores de sempre de Louis Anjos:

– “Uma Noite de Arraial”, elegante e complexa criação à volta dos sabores tradicionais da sardinha, do tomate e do pimento, que incluía nomeadamente um parfait verde de ovas de sardinha, de sardinha assada e de pimentos verdes, e, ainda, um aro encarnado de salada montanheira, bem como, à parte, para além do azeite Monterosa, uma broa de milho recheada com tomatada de sardinha; e

– “Memórias de um Cozido de Monchique”, comprovando a excelência dos pratos de carne de Louis Anjos – simultaneamente poderosíssimos de sabor e extremamente leves – e reafirmando a sua tese de que “o Algarve não é só praia”… nem é só mar, aliás, pelo que também a Serra do Algarve tem lugar à mesa dos restaurantes Michelin e dos fine dinings!

BON BON

BON BON

BON BON

Menu Apertelência

 

BON BON

BON BON

Soalheiro Espumante Bruto Nature Pur Terroir Alvarinho 2016

 

BON BON

“Cenoura Algarvia e Azeitona”

 

BON BON

BON BON

BON BON

BON BON

“Ostra e Choco”

 

BON BON

BON BON

BON BON

“Alcagoita e Pipis” – três falsos amendoins, feitos com manteiga de amendoim e mousse de galinha; pastel de massa tenra com recheio de pipis

 

BON BON

BON BON

BON BON

BON BON

BON BON

BON BON

“Uma Noite de Arraial”

 

BON BON

BON BON

BON BON

“Feijoada de Bivalves, Ova de Polvo e Muxama de Atum”

 

BON BON

BON BON

“Azevia, Lingueirão e Batata”

 

BON BON

BON BON

“Num Assado à Portuguesa” – Cherne

 

BON BON

BON BON

BON BON

BON BON

“Polvo e Cabeça de Xara”

 

BON BON

Vinha Paz Reserva Tinto 2016

 

BON BON

BON BON

“Memórias de um Cozido de Monchique”

 

BON BON

BON BON

“Começamos Novamente?” – sorbet de cenoura e bolo de azeitona

 

BON BON

BON BON

Chefe de Sala Magda Martins e o Niepoort Dry White

 

BON BON

“Figo, Queijo de Cabra e Vinho do Porto”

 

BON BON

BON BON

BON BON

“Guloseimas”

 

BON BON

Subchefe Ricardo Luz (Chefe Cozinheiro do Ano 2019) e Chefe Louis Anjos (Chefe Cozinheiro do Ano 2012)

 

BON BON

Muito obrigado pela oferta da broa recheada com tomatada de sardinha, no dia seguinte continuava maravilhosa!

 

BON BON

BON BON

BON BON

 

Fotografias: Marta Felino e Raul Lufinha

 

Ver também:

 

BON BON
Urbanização Cabeço de Pias, Sesmarias de Carvoeiro, Algarve, Portugal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:59

O elegante Stollen do Chef Joachim Koerper

por Raul Lufinha, em 05.01.21

Chef Joachim Koerper

Em outubro passado, na Quinzena Gastronómica da Alemanha, o Chef Joachim Koerper já tinha feito no ELEVEN uma requintada viagem, bem à sua maneira, pelos clássicos da cozinha alemã – houve truta salmonada, salsichas grelhadas, almondegas, joelho de porco, bife panado, rolo de carne e até a emblemática Floresta Negra!

Porém, nesta quadra festiva, o Chef foi ainda mais longe e adicionou à própria oferta de “delivery” e “takeaway” do ELEVEN… o Stollen!

O tradicional bolo de Natal alemão!

Tendo sido, pois, uma oportunidade imperdível para revisitar mais um clássico da cozinha alemã… com a assinatura do Chef Joachim Koerper!

Efetivamente, apesar de o Chef ter explicado que voltou a seguir uma receita de família, é extremamente gratificante verificar que este seu Stollen do ELEVEN – tal como já tinha acontecido, aliás, com os pratos de outubro – tem, de facto, duas características absolutamente indissociáveis da cozinha de Joachim Koerper:

– A utilização de produtos de altíssima qualidade, sempre com imenso sabor; e

– A extraordinária elegância.

Estando um bolo riquíssimo!

Com passas.

Com muitos frutos secos.

E com uma generosa pasta de amêndoa, que se esconde no interior do Stollen dando-lhe um toque de cremosidade e de humidade que faz toda a diferença.

E estando, também, um bolo muito perfumado!

Nomeadamente, devido ao cravo e à canela.

Daí que – como é timbre da cozinha do Chef Joachim Koerper – este seja igualmente um bolo bastante harmonioso e equilibrado!

Não é muito doce.

Não é nada seco.

Sendo naturalmente denso, também não é pesado.

Não sabe demasiado a especiarias.

E não é excessivamente cítrico.

Confirmando, pois, a excelência dos pães doces e festivos da pastelaria do ELEVEN!

Aliás, também deste último “takeaway”, não nos sai igualmente da memória o fabuloso pão de frutos... que acompanhava as emblemáticas Barras de Ouro de foie gras do Chef Joachim Koerper!

 

Ver também:

 

ELEVEN
Rua Marquês de Fronteira, Jardim Amália Rodrigues, Lisboa, Portugal
Chef Joachim Koerper

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:06

BON BON com nova cara em 2021

por Raul Lufinha, em 17.12.20

Nuno Diogo no BON BON em agosto de 2020

Nuno Diogo no BON BON em agosto de 2020

Está a gerar enorme expectativa a próxima temporada do BON BON!

É que para o ano que vem, no Algarve, não há novas estrelas, mas há uma estrela que vai ser nova!

O BON BON!

Efetivamente, com a saída de Louis Anjos e da sua equipa de cozinha para o PALMARES Ocean Living & Golf, ambicioso resort em Lagos, o BON BON, liderado por Nuno Diogo, irá reabrir no próximo mês de fevereiro, após as habituais férias de inverno atualmente em curso… com um novo chef e com uma nova equipa de cozinha!

Ou seja, iremos ter o BON BON de sempre, o BON BON de Nuno Diogo… interpretado por um novo chef!

Algo que o responsável máximo do restaurante adiantou na conta de Instagram do BON BON na noite em que o projeto da sua vida foi, pelo sexto ano consecutivo, distinguido com uma Estrela Michelin.

E que aqui transcrevemos na íntegra:

«BON BON mantém Estrela Michelin!

Num ano atípico e muito difícil a todos os níveis para o setor da restauração e em particular para o BON BON, recebemos uma boa notícia no final de 2020: a nossa qualidade voltou a ser reconhecida com a renovação da Estrela Michelin, pelo Guia Michelin.

É a sexta vez que recebemos esta distinção, o que confirma o trabalho de qualidade realizado ao longo destes anos. Este é um reconhecimento que muitos nos honra, num ano particularmente difícil, de muitos sacrifícios e incertezas. A dedicação, a persistência e a esperança valeram a pena e este é um prémio por todas as dificuldades que superamos este ano.

É um prémio que nos orgulha, mas que deve também orgulhar Lagoa por ter um restaurante de qualidade ímpar e que é também hoje uma marca e uma montra para o concelho.

Quero deixar um agradecimento ao chef Louis Anjos, a toda a nossa equipa do BON BON e aos que contribuíram para este sucesso com o seu empenho, criatividade e sacrifício. O chef Louis Anjos vai deixar-nos em breve para abraçar um novo projeto gastronómico, pelo que lhe desejo as maiores felicidades e sucesso para o futuro, agradecendo por estes três anos de trabalho e conquistas.

O meu obrigado aos nossos fornecedores por nos ajudarem também, ainda mais neste ano tão complicado como foi 2020, e por nos assegurarem os melhores produtos.

Um obrigado especial à minha companheira, Bianca Salden, pelo apoio condicional, e a todos aqueles, clientes e amigos, que me dão força e ânimo para continuar a lutar por este sonho e este projeto chamado BON BON, que é uma referência gastronómica no concelho de Lagoa, com visibilidade nacional e internacional. É com orgulho que, muitas vezes, recebo turistas de vários pontos do Algarve, que não dispensam uma visita ao BON BON e o recomendam a amigos.

Neste momento estamos encerrados para descanso, mas reabrimos no mês de fevereiro.

Entraremos aí numa nova fase, com uma imagem melhorada do nosso espaço, um novo chef e equipa de cozinha, e preparados para os desafios de 2021. O objetivo será o de sempre: a excelência e proporcionar uma experiência gastronómica ímpar.

Obrigado e até breve!

Nuno Diogo»

De modo que, após os chefes Rui Silvestre e Louis Anjos, é, pois, com enorme expectativa que ficamos a aguardar a divulgação da nova escolha, que – sabe o Mesa do Chef – Nuno Diogo já fez, para liderar em 2021 a exigente cozinha estrelada do seu BON BON!

 

Post Scriptum (23-12-2020):

No dia 22 de dezembro de 2020, Nuno Diogo partilhou no Facebook uma mensagem de Boas Festas plena de significado e que importa registar para memória futura:

«Não sou muito de partilhas ou reflexões nas redes sociais, mas hoje apetece-me partilhar um pouco dos meus pensamentos…

Estou desde os 17 anos nesta profissão, iniciei projetos de sucesso como o COLINA VILLAGE ou o PIMENTA PRETA, ambos em Carvoeiro e mais recentemente o BON BON e o OREGANO. Todos tiveram e têm, com as devidas diferenças, o meu cunho pessoal, a minha visão e um serviço de qualidade. Foram projetos pensados e idealizados por mim, chefs escolhidos por mim na linha daquilo que defendo para um restaurante de qualidade.

A Estrela Michelin passou a ser um objetivo quando iniciei o projeto BON BON. Pensei, planeei, empenhei-me muito para lá chegar. Valeu-me a experiência e a formação adquirida ao longo de décadas. São vários cursos de vinhos, entre eles o W7, cursos de chef de mesa e chef de bar, além de ser formador certificado nestas áreas.

Não sou um mero dono de um restaurante, embora o pudesse ser. Foram muitos anos a trabalhar pela hotelaria e restauração do Algarve. Sou apaixonado pela área, um criador de projetos e de objetivos concretizados, sempre à procura de aprender mais e ir mais além. Só assim seria possível dar vida a estes projetos.

Ao longo deste percurso, nomeadamente no BON BON, escolhi as pessoas para me acompanharem nesse desafio de ganhar a Estrela Michelin. Partilhei conhecimentos e experiências e juntos chegámos ao objetivo. Apostei no chef Rui Silvestre e chegámos lá pela primeira vez em 2015. Escolhi o chef Louis Anjos e mantivemos a Estrela Michelin. Agora a aposta vai recair em mais um excelente chef, já escolhido e cujo nome irei revelar em breve. A filosofia do BON BON prossegue, assente na qualidade, na excelência, no ótimo serviço, porque o projeto está idealizado e enraizado há muito para ter sucesso.

Nesta pequena retrospetiva que faço, não posso deixar de enviar uma palavra de reconhecimento e agradecimento aos que trabalharam comigo ao longos destes anos. Também eles contribuíram para o meu crescimento, como espero ter ajudado no deles. Tudo em prol de um bem maior: uma gastronomia de qualidade e de referência no nosso Algarve.

A terminar, faço votos de Boas Festas a todos os amigos, clientes e fornecedores.

Até breve!»

 

BON BON
Urbanização Cabeço de Pias, Sesmarias de Carvoeiro, Algarve, Portugal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:49

100 MANEIRAS e ENEKO LISBOA, as novidades Michelin 2021

por Raul Lufinha, em 15.12.20

Chef Eneko Atxa

Chef Eneko Atxa em 2019, na inauguração do ENEKO LISBOA

Parcas novidades portuguesas na festa espanhola de apresentação, em Madrid, do novo Guia Michelin 2021.

Para além da atribuição pela primeira vez de uma estrela ao 100 MANEIRAS do jugoslavo Ljubomir Stanisic e ao ENEKO LISBOA do basco Eneko Atxa, ambos na capital, todos os restantes restaurantes portugueses – à exceção do SÃO GABRIEL, que já tinha fechado em 2019 – renovam em 2021 as exatas distinções recebidas no ano anterior.

Ou seja, em Portugal não há nenhum novo duas estrelas.

E continua a não existir qualquer três estrelas.

Bem como não existe nenhuma estrela verde – apesar de agora terem sido atribuídas 21 em Espanha.

 

Portugal – Seleção Michelin 2021

Duas estrelas:

– ALMA (Lisboa / Chef Henrique Sá Pessoa)

– BELCANTO (Lisboa / Chef José Avillez)

– CASA DE CHÁ DA BOA NOVA (Leça da Palmeira, Matosinhos / Chef Rui Paula)

– IL GALLO D’ORO (Funchal / Chef Benoît Sinthon)

– OCEAN (Alporchinhos, Porches, Lagoa / Chef Hans Neuner)

– THE YEATMAN (Vila Nova de Gaia / Chef Ricardo Costa)

– VILA JOYA (Galé, Albufeira / Chef Dieter Koschina)

Uma estrela:

– 100 MANEIRAS (Lisboa / Chef Ljubomir Stanisic) novo

– A COZINHA (Guimarães / Chef António Loureiro)

– ANTIQVVM (Porto / Chef Vítor Matos)

– BON BON (Sesmarias, Carvoeiro, Lagoa / Chef Louis Anjos)

– ELEVEN (Lisboa / Chef Joachim Koerper)

– ENEKO LISBOA (Lisboa / Chef Eneko Atxa) novo - ver aqui

– EPUR (Lisboa / Chef Vincent Farges)

– FEITORIA (Lisboa / Chef João Rodrigues)

– FIFTY SECONDS BY MARTÍN BERASATEGUI (Lisboa / Chef Martín Berasategui, Chef Executivo Filipe Carvalho)

– FORTALEZA DO GUINCHO (Guincho, Cascais / Chef Gil Fernandes)

– G POUSADA (Bragança / Chef Óscar Gonçalves)

– GUSTO BY HEINZ BECK (Quinta do Lago / Chef Heinz Beck, Chef Executivo Liborio Buonocore)

– LAB BY SERGI AROLA (Penha Longa, Sintra / Chef Sergi Arola, Chef Executivo Vladmir Veiga)

– LARGO DO PAÇO (Amarante / Chef Tiago Bonito)

– LOCO (Lisboa / Chef Alexandre Silva)

– MESA DE LEMOS (Passos de Silgueiros, Viseu / Chef Diogo Rocha)

– MIDORI (Penha Longa, Sintra / Chef Pedro Almeida)

– PEDRO LEMOS (Porto / Chef Pedro Lemos)

– VISTA (Praia da Rocha, Portimão / Chef João Oliveira)

– VISTAS RUI SILVESTRE (Sítio do Pocinho, Sesmarias, Vila Nova de Cacela / Chef Rui Silvestre)

– WILLIAM (Funchal / Chef Luís Pestana)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:43


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D