Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



PEPPER’S, muito mais do que uma steakhouse

por Raul Lufinha, em 02.07.18

André Basto, chef executivo do Tivoli Marina Vilamoura, junto à Mesa do Chef do PEPPER’S STEAKHOUSE

André Basto, chef executivo do Tivoli Marina Vilamoura, junto à Mesa do Chef do PEPPER’S STEAKHOUSE, no Tivoli Marina Vilamoura

Liderado por André Basto, chef executivo do Tivoli Marina Vilamoura, o PEPPER’S STEAKHOUSE, com uma vista privilegiada sobre a Marina de Vilamoura, é o restaurante do resort algarvio especializado em carne.

Aliás, o rigor que André Basto desde logo coloca na seleção das diversas carnes é tal que cada corte tem o seu próprio fornecedor, não existindo, depois, fornecedores a entregar mais do que um corte.

Contudo, o PEPPER’S é muito mais do que uma tradicional steakhouse.

Com efeito, para além do destaque dado à carne e à celebração dos vinhos, André Basto também trabalha, de forma superior, o peixe e o marisco.

De que é exemplo a excelente entrada de vieiras com couve-flor!

Tivoli Marina Vilamoura

Tivoli Marina Vilamoura

IMG_2216.JPG

PEPPER’S STEAKHOUSE

Couvert

Couvert

Vieiras, creme de couve-flor e redução de bisque com lima

Vieiras, creme de couve-flor, redução de bisque com lima e alcaparras fritas

Barranco Longo Grande Escolha branco 2017, Arinto e Chardonnay do Algarve

Barranco Longo Grande Escolha branco 2017, Arinto e Chardonnay do Algarve

Partilha e degustação de três carnes bovinas – costeleta Mirandesa, filet mignon Mertolengo e acém Black Angus com 21 dias de maturação

Partilha e degustação de três carnes bovinas – costeleta Mirandesa, filet mignon Mertolengo e acém Black Angus com 21 dias de maturação

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

IMG_2297.JPG

Quinta do Francês tinto 2014, lote de Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon e Syrah do Algarve, que Eduardo Amaral abriu com tenaz e decantou

Crème brûlée de Earl Grey

Crème brûlée de Earl Grey

Niepoort Porto Colheita 1997 (engarrafado em 2017)

Niepoort Porto Colheita 1997 (engarrafado em 2017)

Mignardises individuais

Mignardises individuais

PEPPER’S STEAKHOUSE

PEPPER’S STEAKHOUSE

 

Fotografias: Marta Felino e Raul Lufinha

 

PEPPER’S STEAKHOUSE

Tivoli Marina Vilamoura Algarve Resort, Portugal

Chef André Basto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:17


2 comentários

De Anónimo a 02.07.2018 às 15:37

Qual a utilidade em abrir dessa forma um vinho de 2014? Pela foto, a rolha parece em perfeitas condições...

De Raul Lufinha a 02.07.2018 às 16:31


Sim, num vinho tão novo, a rolha não era seguramente das que mais precisasse de uma abertura a fogo!

Embora o tema da “utilidade”, o lado utilitário, seja apenas uma parte da questão – efetivamente, cada vez mais, não vamos a um restaurante apenas pela componente útil ou funcional de nos alimentarmos.

Em situações especiais, pode haver algo mais!

De modo que, se também o escanção tiver gosto em mostrar que domina a sua arte, da minha parte, só tem o meu apoio!

O importante é que o vinho seja bem servido!

E isso foi!

Limpo, oxigenado e à temperatura correta.

Comentar post



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Sim, num vinho tão novo, a rolha não era seguramen...

  • Anónimo

    Qual a utilidade em abrir dessa forma um vinho de ...

  • Anónimo

    Eu que agradeço pelo carinho e amor. Obrigado Obri...

  • Anónimo

    O melhor Restaurante de VILAMOURA e um dos melhore...

  • Anónimo

    Chamo-me Francisco Pôla, tal como você. é possivel...

  • Raul Lufinha

    Para memória futura: hoje, dia 05-02-2018, o SAPO ...

  • Raul Lufinha

    Entretanto, para memória futura, a 31-01-2018 já u...

  • Raul Lufinha

    Agradeço a informação, Pedro. Embora só possa lame...

  • Pedro Neves

    Caro Raul,peço desculpa pelo meu comentário não es...

  • Raul Lufinha

    Obrigado Duarte. Acho que vais gostar, vai ser uma...



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D