Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os mais desafiantes pratos de Bruno Rocha… na nova carta do FLORES DO BAIRRO

por Raul Lufinha, em 28.11.16

Bruno Rocha na sala do FLORES DO BAIRRO, no Bairro Alto Hotel

Bruno Rocha na sala do FLORES DO BAIRRO, no Bairro Alto Hotel

Bruno Rocha está em grande forma!

E agora, na nova carta de inverno do FLORES DO BAIRRO, que mantém a lógica da partilha à mesa, o chef não se limita a acompanhar a tendência atual de servir autênticos fenómenos de popularidade como ceviches e tártaros ou ainda empadas, croquetes e rissóis.

Com efeito, Bruno Rocha vai mais longe e tem igualmente todo um outro conjunto de pratos extremamente desafiantes, que por si só justificam uma visita ao restaurante do Bairro Alto Hotel, em Lisboa.

 

Batatas Bravas de mandioca

Batatas Bravas de mandioca | Homenagem de Bruno Rocha a um grande clássico das tapas espanholas. E cuja recriação de Sergi Arola continua, aliás, a ser uma das criações mais emblemáticas do chef catalão. Aqui, Bruno Rocha substitui a batata… pela saborosa mandioca! E o molho picante – intenso e delicioso, feito com tomate e maionese – é viciante! Não sei se também as servem no TERRAÇO mas dão vontade de subir ao último andar do Bairro Alto Hotel e passar a tarde a beber imperiais… contemplando o Tejo e comendo estas incríveis batatas fritas picantes!

 

Camarões da Mouraria

Camarões da Mouraria | Outro prato extremamente guloso! A ideia surgiu numa visita guiada que Bruno Rocha fez ao bairro da Mouraria com um historiador que, a certa altura, referiu: «Aqui também moram portugueses!». Esta frase ficou na cabeça do chef do FLORES DO BAIRRO, que resolveu criar um prato que reunisse um conjunto alargado de influências e de geografias presentes na Mouraria. Tem chili, gengibre, alho, lima, coco… E é igualmente viciante!

 

Alface grelhada e Cupita Alentejana

Alface grelhada e Cupita Alentejana | Por baixo da excelente cupita de porco alentejano esconde-se a deliciosamente amarga alface romana baby muito bem grelhada, ou seja, sem estar queimada e sem ter marcas de grelha, à qual depois Bruno Rocha junta ainda dois pós com sabores fumados e um molho aromatizado com hortelã e tomilho. Um grande momento de Bruno Rocha! Pena é ser uma entrada que só se pode pedir à carta, porque quem vai à procura de tártaros e ceviches não escolhe uma alface grelhada; e quem vai em busca de saladas não pede um prato com cupita… Com um nível gastronómico tão alto, merecia estar num menu de degustação!

 

Bacalhau “à Brás” do Bairro

Bacalhau “à Brás” do Bairro | Esta versão de Bruno Rocha é um grande “à Brás”! E é na verdade, essencialmente, um grande… prato de bacalhau! Sobressaindo a cura do bacalhau da Noruega feita no FLORES DO BAIRRO com alga kombu… e também a extraordinária leveza da ligação entre a batata (bem frita) e o ovo, apresentado numa deliciosa espuma. Mas mais. Para além da complexidade das texturas, há também uma grande riqueza de sabores, desde o salgado do bacalhau e da alga ao doce da cebola roxa, passando pelo avinagrado! Excelente!

 

Costeletas de Borrego fritas ao alho e mostarda antiga + Esparregado de espinafres e limão

Costeletas de Borrego fritas ao alho e mostarda antiga + Esparregado de espinafres e limão | Brutal o sabor do alho e da mostarda! E maravilhoso o esparregado, cremoso e cítrico!

 

Rabanada de brioche e baunilha com maçã assada num gelado

Rabanada de brioche e baunilha com maçã assada num gelado | Uma sobremesa esmagadora! Desde logo, o jogo de temperaturas: contrastando com o gelado, a rabanada vem quente! Depois, o ser um híbrido – com efeito, a deliciosa rabanada é um brioche muito arejado que Bruno Rocha passa pelo sauté… trazendo à memória os sabores das festas natalícias mas num registo extremamente leve! Já o ótimo gelado, é de maçã reineta assada com vinho do Porto – daí a sua cor rosada! De uma aparente simplicidade, é uma sobremesa absolutamente obrigatória! E  impressiona como um chefe de cozinha consegue assinar uma sobremesa tão espetacular – tal como já sucedia no EMO, também no FLORES DO BAIRRO Bruno Rocha não recorre a um chefe pasteleiro, sendo as sobremesas criadas igualmente por si!

 

Bolo de chocolate, cacau e molho quente de avelãs

Bolo de chocolate, cacau e molho quente de avelãs

Bolo de chocolate, cacau e molho quente de avelãs

Bolo de chocolate, cacau e molho quente de avelãs | Sabores clássicos, em diversas texturas. E um maravilhoso molho de avelãs, servido bem quente!

 

Fotografias: Marta Felino e Raul Lufinha

FLORES DO BAIRRO

Bairro Alto Hotel, Praça Luís de Camões, 2, Lisboa, Portugal

Chef Bruno Rocha

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:41


1 comentário

De Marta Felino a 28.11.2016 às 11:24

Grandes pratos! Cada vez mais depurados numa aparente simplicidade que dá muito trabalho e é bastante complexa! Extremamente estimulantes em termos de combinações e 'picos' de sabor, muito intensos e contrastantes! Destacava as absolutamente viciantes 'Batatas Bravas de mandioca', a elegância deliciosa de sabores vários na criação multicultural dos 'Camarões da Mouraria' e a desconcertante singeleza de uma 'Alface grelhada e Cupita Alentejana'! E o chocolate é sempre 'Top', já desde os tempos do EMO! Muitos parabéns Chef Bruno Rocha!

Comentar post



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Anónimo

    Chamo-me Francisco Pôla, tal como você. é possivel...

  • Raul Lufinha

    Para memória futura: hoje, dia 05-02-2018, o SAPO ...

  • Raul Lufinha

    Entretanto, para memória futura, a 31-01-2018 já u...

  • Raul Lufinha

    Agradeço a informação, Pedro. Embora só possa lame...

  • Pedro

    Caro Raul,peço desculpa pelo meu comentário não es...

  • Raul Lufinha

    Obrigado Duarte. Acho que vais gostar, vai ser uma...

  • Duartecalf

    Parabéns pela reportagem.Confesso que nunca foi um...

  • Anónimo

    Fico muito feliz, em saber do selo Vegano! Havia p...

  • Anónimo

    Para além de alguns sitios mais "canalhas" na Baix...

  • Carlos Alexandre

    Quando estive na Tasca, há dois dias garantiram-me...



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D