Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



LUZ, a cozinha visual de Jorge Fernandes

por Raul Lufinha, em 13.09.18

Jorge Fernandes

Jorge Fernandes

O luminoso restaurante LUZ, no piso térreo do Iberostar Lisboa, é a nova casa de Jorge Fernandes, um chef que já temos o gosto de acompanhar desde os tempos em que liderava a cozinha do ATLÂNTICO, no InterContinental do Estoril.

E que agora, na capital, apresenta os sabores portugueses, mas com a nuance de o fazer explorando formatos diferentes.

Com efeito, nos seu pratos, para além do sabor – que está sempre lá – Jorge Fernandes faz também questão de jogar com as cores e com as formas.

Cores fortes.

E figuras geométricas.

Resultando numa cozinha muito visual!

 

Cesto de pão variado, manteigas aromatizadas com cebola caramelizada e com abacate, azeitonas marinadas e azeite extra virgem DOP com vinagre balsâmico IGP

Cesto de pão variado, manteigas aromatizadas com cebola caramelizada e com abacate, azeitonas marinadas e azeite extra virgem DOP com vinagre balsâmico IGP

Miolo de vieira em beurre noisette, cremoso de batata-doce e legumes biológicos

Miolo de vieira em beurre noisette, cremoso de batata-doce e legumes biológicos

Lombo de bacalhau confitado sobre guisado de favas e chouriço, ovo de codorniz escalfado

Lombo de bacalhau confitado sobre guisado de favas e chouriço, ovo de codorniz escalfado

Crasto Branco 2017

Crasto Branco 2017

Sorbet de limão com sangria branca

Sorbet de limão com sangria branca

Lombo de borrego com crosta provençal, esparregado de salsa e molho de mostarda

Lombo de borrego com crosta provençal, esparregado de salsa e molho de mostarda

Pontual Colheita Tinto 2015

Pontual Colheita Tinto 2015

Cremoso de pudim abade de Priscos e sorbet de pera bêbada

Cremoso de pudim abade de Priscos e sorbet de pera bêbada

Noval Tawny Porto

Noval Tawny Porto

 

LUZ

Hotel Iberostar Lisboa, Rua Castilho, 64, Lisboa, Portugal

Chef Jorge Fernandes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:06



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Fico contente que tenha gostado!

  • Anónimo

    Excelente texto !!!Fazer a ponte das “ madalenas “...

  • Raul Lufinha

    Yes!

  • Anónimo

    Tudo queijos portugueses como os chefes que tanto ...

  • Raul Lufinha

    1) Infelizmente, não conheci o da ilha. Mas a part...

  • Anónimo

    Dificil entender como o Kadeau em Copenhaga chegou...

  • Raul Lufinha

    Destes, ainda não.

  • Anónimo

    Já foi a algum destes restaurantesP

  • Raul Lufinha

    Sim, esse restaurante, o GAGGAN, fechou em agosto ...

  • Luis Santos

    Aconteceu alguma coisa ao Gaggan ? Acho um tanto e...



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D