Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Leandro Araújo antecipa no SomSabor… futuro prato do CAFÉZIQUE

por Raul Lufinha, em 01.10.20

Chef Leandro Araújo

Chef Leandro Araújo no Espaço Espelho d'Água

Leandro Araújo, do CAFÉZIQUE, em Loulé, foi o chef convidado para encerrar o mês de setembro do SomSabor, um intimista festival à beira-Tejo que traz a música e a literatura para a mesa do Espaço Espelho d’Água, em Lisboa, com a curadoria gastronómica de Paulo Amado.

E a expectativa era elevada – afinal, estávamos perante o cozinheiro responsável pelo mais interessante dos novos restaurantes que surgiram este ano no Algarve.

Tendo sido bastante inspirador ver que Leandro Araújo arriscou trazer à capital não propriamente aquilo que está a fazer em Loulé… mas antes o que irá fazer!

Com efeito – a seguir a um gaspacho de pepino e kefir, com pickles caseiros também de pepino e com ova de polvo ralada, que serviu como amuse-bouche – o prato principal do jantar foi… cavala alimada!

Mas não a cavala que tem estado a servir em Loulé – e que provámos este verão.

Não!

O chef do CAFÉZIQUE não trouxe aquela saborosa cavala alimada acompanhada de batata nova fumada, cebola assada em pickle e pepino salgado, tendo na base um molho verde de salsa, agrião e rúcula a que Leandro Araújo chamou «clorofila».

Não!

Com efeito, Leandro Araújo deu antes a Lisboa o privilégio de conhecer antecipadamente aquela que será… a nova cavala do CAFÉZIQUE!

E que, se tudo correr bem, até ao final do mês de outubro estará na carta do restaurante.

“Cavala alimada, batata-doce, escabeche e salsa”.

Sendo o escabeche um guloso escabeche… de laranja e cenoura!

Chef Leandro Araújo

Cavala

Porém – mais interessante ainda – a futura cavala do CAFÉZIQUE, na realidade, não será exatamente como a do Espaço Espelho d’Água.

Esta foi apenas uma… antecipação!

O novo prato vai ser… muito mais complexo!

Muito mais intenso!

E ainda com muito mais sabor!

Conforme Leandro Araújo disse, ainda irá ter «um ‘push’ de sabor!»

Acentuando-lhe o contraste entre o doce e o cítrico.

E adicionando-lhe o toque extra das notas fumadas.

Com efeito, a batata-doce – tal como a batata da versão deste verão – ainda irá ser fumada!

E a salsa vai ser «carbonizada» – ou «torrada» – mas sem perder o seu sabor a salsa.

Sendo o prato finalizado… com zest de laranja!

Promete!

A base da futura cavala do CAFÉZIQUE

Uma antecipação da futura cavala do CAFÉZIQUE

 

Ver também:

 

CAFÉZIQUE – Restaurante & Enoteca
Rua das Bicas Velhas, n.º 5, Loulé, Algarve, Portugal
Chef Leandro Araújo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:59



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D