Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



‘Essência’, o novo menu de Louis Anjos no BON BON

por Raul Lufinha, em 02.08.19

Chef Louis AnjosChef Louis Anjos

 

Chama-se ‘Essência’ o novo menu de Louis Anjos no BON BON.

E é o ponto mais alto da cozinha – e da carreira – do Chefe Cozinheiro do Ano 2012.

Mas não é rutura, é crescimento e evolução.

É consolidação.

É um caminho já de dois anos de BON BON.

Mas que efetivamente começa muito atrás.

E é isso o mais bonito nesta cozinha de Louis Anjos em 2019.

Está no melhor nível de sempre.

E simultaneamente tem também imensas ligações ao passado, remetendo-nos não raras vezes para aquilo que Louis Anjos começou por fazer no Suites Alba e a que depois deu continuidade em Monchique.

BON BON

A porta está aberta

BON BON

1 Estrela Michelin 2016, 2017, 2018, 2019

Ora, nesta apresentação à comunicação social do novo menu ‘Essência’ do BON BON – que o Mesa do Chef irá detalhar em vários posts – ficámos no terraço, de modo a desfrutar ao ar livre das amenas noites algarvias.

BON BONMesa no terraço

E, quando abrimos o envelope personalizado que o BON BON sempre nos entrega à chegada contendo o menu, deparámo-nos com a novidade de agora existir um mapeamento das regiões portuguesas que estão na origem dos principais ingredientes de cada um dos pratos.

BON BON

Artesanal e personalizado

BON BON

Portugal inteiro à mesa do BON BON

Na realidade, vem de longe a preocupação de Louis Anjos com os produtos de qualidade e a exigência na escolha dos fornecedores – basta pensar no roteiro ‘O Algarve não é só praia’ de 2014, uma visita guiada aos produtos e aos produtores de excelência da região.

Mas agora o que Louis Anjos nos quer aqui dizer não é que recorre ao fornecedor A ou B – os fornecedores não estão identificados.

O objetivo é antes mostrar que – embora utilize maioritariamente os produtos do barrocal, da serra e do litoral do Algarve – de facto, há ingredientes de todo o país.

Ou seja, na essência da cozinha de Louis Anjos não está apenas o Algarve, está Portugal inteiro.

(continua)

Ver também:

– Menu ‘Essência’ (junho 2019):

  1. ‘Essência’, o novo menu de Louis Anjos no BON BON
  2. Tudo começa com cenoura à algarvia e alcagoitas
  3. O toro maturado, a salada montanheira e um Poema de 2017
  4. Temos clássico
  5. Agora é para a Feijoada de Bivalves que Louis Anjos vem à sala
  6. O mais depurado salmonete de Louis Anjos
  7. O prato que define a cozinha de Louis Anjos
  8. Grande Senna
  9. Os mesmos sabores, dois momentos diferentes
  10. Mudar, mantendo a essência

 

 

BON BON
Urbanização Cabeço de Pias, Sesmarias de Carvoeiro, Algarve, Portugal
Chef Louis Anjos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Agenda

JANEIRO
26 -SÃO LOURENÇO DO BARROCAL Almoço de celebração do Porco Alentejano com assinatura do chef José Júlio Vintém

FEVEREIRO
4 -PRÉMIOS ‘OS MELHORES DO ANO 2019’ Cerimónia dos prémios da Revista de Vinhos, na Alfândega do Porto
5 -FUNCHO – O PRIMEIRO LEGADO No TERREIRO, novo restaurante e gastrobar no Funchal, cada Jantar Legado será uma viagem, uma história, um álbum de sabores que traz de volta o receituário da Madeira, sempre com um produto local como convidado de honra marcando presença ao longo de todo o menu
Até 12 -ONA AT THE MUSEUM Pop-up no Chiado, em Lisboa, com quatro jovens chefs à frente da cozinha

MARÇO
Até 14 -‘ACONCHEGO CARIOCA’ NO BAIRRO DO AVILLEZ Pop-up do restaurante de Kátia Barbosa, nas varandas do Bairro do Avillez

MAIO
19-20 -SYMPOSIUM SANGUE NA GUELRA 2020 Virgilio Martínez, do CENTRAL, em Lima, no Peru, é o primeiro nome confirmado

JUNHO
2 -THE WORLD'S 50 BEST RESTAURANTS 2020

SETEMBRO
12-13 -CHEFS ON FIRE 2020 – FOOD, FIRE & MUSIC Um festival em que os chefs cozinham exclusivamente com fogo durante mais de 24h. Ao fire pit e outras estruturas inéditas junta-se um cartaz de concertos, num projeto de slow cooking que celebra as origens da cozinha, bem como a simplicidade de esperar e de deixar que o tempo e o fogo cuidem dos alimentos


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

  • Anónimo

    Parabéns Chef JOAQUIM de Sousa , Excelente !!!❤️🇵🇹...

  • Raul Lufinha

    1. A categoria das três estrelas é a mais importan...

  • Anónimo

    De verdade que não entendo porque perdem tanto tem...

  • Raul Lufinha

    1. O que é grave é que o que a Michelin anunciou q...

  • Anónimo

    Salvo o devido respeito, no global não creio que t...

  • Raul Lufinha

    E no EL PAÍS Rosa Rivas vai pelo mesmo caminho, fa...

  • Raul Lufinha

    Não, não há o prometido crescimento em 2020 – é um...

  • Anónimo

    Face à notícia largamente antecipada do fecho do r...

  • Raul Lufinha

    1 - A Michelin é uma empresa privada, faz os guias...



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




subscrever feeds