Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Barro negro, à mesa

por Raul Lufinha, em 09.03.15

Miguel Laffan, João Rodrigues, Hans Neuner, Diogo Rocha

Pratos de barro negro… nas mãos de Miguel Laffan, João Rodrigues, Hans Neuner e Diogo Rocha

O barro negro não serve apenas para cozinhar – também vai à mesa!

Pelo que, após visitarem três olarias de barro negro em Molelos – a Olaria Moderna, a Barraca dos Oleiros e a Artantiga

… e depois de terem ido à cozinha do 3 PIPOS conhecer o trabalho de Maria de Jesus Miranda…

… os chefs Hans Neuner (OCEAN), João Rodrigues (FEITORIA), Miguel Laffan (L’AND) e Diogo Rocha (MESA DE LEMOS) foram para a mesa provar as especialidades da dona Jú…

… servidas em loiça de barro negro!

barro negro

Prato raso

barro negro

Prato de sopa

arroz de costelas

Arroz de costelas em vinha d'alhos

grelos

Grelos

cabrito assado

Cabrito assado no forno

migas

Migas… com arroz, feijão-frade e couve

Casa de Mouraz

O vinho da noite: Casa de Mouraz Private Selection, tinto, Dão, 2009

Laranja de Besteiros

Laranja de Besteiros

leite creme...

... em barro negro

Leite-creme com gelado de laranja

3 PIPOS

Uma das salas do 3 PIPOS

Linha do Dão

Saudades da Linha do Dão

 

3 PIPOS | Rua de Santo Amaro, 966, Tonda, Tondela, Portugal | Chef Maria de Jesus Miranda (Jú)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55


4 comentários

De A Vertigem a 10.03.2015 às 00:28

Que chiquérrimo... A tradição por aqui, ainda é o que é! De facto são lustrosos os pratos negros.
A comida devia estar muito saborosa.

;-)

De Raul Lufinha a 11.03.2015 às 01:13

Sim, no 3 PIPOS come-se muito bem, estava tudo excelente -- recordo em especial o cabrito assado e os grelos!

De Irmãos Oliveiras a 10.03.2015 às 16:20

O Barro preto de Molelos e os enchidos dos Irmãos Oliveiras são também um bom exemplo de uma parceria do bom que se faz no nosso concelho de Tondela!
Quem nunca se deliciou a comer uma das nossas chouriças assadas no tradicional porco de barro com aguardente? Ou uma telha dos nossos vários enchidos?

De Raul Lufinha a 11.03.2015 às 01:18

Sim, curiosamente uma das peças que mais vimos nas olarias foi o chouriceiro.

Comentar post



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Sim, num vinho tão novo, a rolha não era seguramen...

  • Anónimo

    Qual a utilidade em abrir dessa forma um vinho de ...

  • Anónimo

    Eu que agradeço pelo carinho e amor. Obrigado Obri...

  • Anónimo

    O melhor Restaurante de VILAMOURA e um dos melhore...

  • Anónimo

    Chamo-me Francisco Pôla, tal como você. é possivel...

  • Raul Lufinha

    Para memória futura: hoje, dia 05-02-2018, o SAPO ...

  • Raul Lufinha

    Entretanto, para memória futura, a 31-01-2018 já u...

  • Raul Lufinha

    Agradeço a informação, Pedro. Embora só possa lame...

  • Pedro Neves

    Caro Raul,peço desculpa pelo meu comentário não es...

  • Raul Lufinha

    Obrigado Duarte. Acho que vais gostar, vai ser uma...



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D