Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A cozinha amazónica de Anderson Sousa

por Raul Lufinha, em 04.07.18

Anderson Sousa, chef do EMPÓRIO TUTTAPANNA

Anderson Sousa, chef do EMPÓRIO TUTTAPANNA

Há cada vez mais Amazónia na cozinha de Anderson Sousa!

Aberto já fez dois anos, o EMPÓRIO TUTTAPANNA, no centro de Vilamoura, no Algarve, sempre cruzou influências europeias, asiáticas e da América Latina com as referências da infância do chef, passada em Marabá, na Amazónia.

Pelo que, desde o início, nunca faltaram os deliciosos “estufadinhos”!

Bem como muita mandioca!

E até cachaça de jambu!

De tal forma, aliás, que no ano seguinte – o ano passado – o grande destaque foi a moqueca, mas preparada como a avó índia de Anderson Sousa fazia no Pará, em plena floresta amazónica!

Pelo que, entusiasmado com o regresso às origens, este verão o chef continuou a incorporar na carta do EMPÓRIO TUTTAPANNA cada vez mais produtos e sabores da Amazónia.

Como o aviú, um micro camarão.

Ou o sempre raro tucupi, complexo caldo amarelo, cítrico e não só, de origem indígena, extraído da raiz da mandioca brava e que é cozido durante largas horas, dias mesmo. O qual já tinha sido um dos destaques do jantar que os irmãos Thiago e Felipe Castanho serviram em 2012 no BELCANTO de José Avillez. E que Pablo Oazen também já tinha trazido em 2014 ao VIA GRAÇA de João Bandeira.

Outra referência direta de Anderson Sousa à cozinha paraense é igualmente o cozinhar o peixe embrulhado numa folha de bananeira.

E há mais surpresas na calha!

Com efeito, o objetivo de Anderson Sousa é efetivamente transformar o restaurante numa bandeira da Amazónia!

Anderson Sousa

Anderson Sousa e as suas recordações da Amazónia…

EMPÓRIO TUTTAPANNA

… à mesa…

EMPÓRIO TUTTAPANNA

… do EMPÓRIO TUTTAPANNA

Bolinhos de mandioca, bacalhau (o peixe mais parecido com o pirarucu da Amazónia) e aviú (micro camarão)

Bolinhos de mandioca, bacalhau (o peixe mais parecido com o pirarucu da Amazónia) e aviú (micro camarão)

Aviú

Aviú

Entretanto, Anderson Sousa trouxe à mesa uma taça de aviús, para mostrar como este camarão amazónico é mesmo mínimo, mais pequeno do que a nossa camarinha

Robalo assado em folha de bananeira

Robalo assado em folha de bananeira

Robalo assado em folha de bananeira

Batata-doce

Batata-doce, em duas texturas e temperaturas: frita, ainda quente; e trabalhada com tomate num complexo puré, que Anderson Sousa serve agradavelmente frio

Pato no Tucupi

O extraordinário Pato no Tucupi de Anderson Sousa, prato típico da cozinha de Belém do Pará, na Amazónia, que o chef do EMPÓRIO serve com puré de mandioca, espinafres, coentros e flores de jambu (que deixam a boca levemente dormente)

Tucupi

Entretanto, Anderson Sousa veio à sala mostrar o tucupi que usou no pato, ou seja, o caldo amarelo, de origem indígena, extraído da raiz da mandioca brava amazónica

Mandioca frita

Mandioca frita

Barranco Longo Private Selection tinto 2015

Barranco Longo Private Selection tinto 2015, Aragonez e Cabernet Sauvignon do Algarve

A cozinha aberta do EMPÓRIO TUTTAPANNA

A cozinha aberta do EMPÓRIO TUTTAPANNA…

Fofoqueiras do Pará

… e as Fofoqueiras do Pará

 

Ver também:

 

Fotografias: Marta Felino e Raul Lufinha

 

EMPÓRIO TUTTAPANNA

Av. Tivoli, Ed. Mourapraia, Loja 2, Vilamoura, Portugal

Chef Anderson Sousa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:05



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Agenda

MARÇO
3 -PRÉMIOS ‘BOA CAMA BOA MESA’ Cerimónia de entrega dos prémios do guia Boa Cama Boa Mesa, do jornal Expresso
Até 14 -‘ACONCHEGO CARIOCA’ NO BAIRRO DO AVILLEZ Pop-up do restaurante de Kátia Barbosa, nas varandas do Bairro do Avillez
Até 15 -TEMPORADA DA LAMPREIA NO VARANDA DE LISBOA No restaurante panorâmico do Hotel Mundial, um menu especial dedicado à lampreia

MAIO
19-20 -SYMPOSIUM SANGUE NA GUELRA 2020 Virgilio Martínez, do CENTRAL, em Lima, no Peru, é o primeiro nome confirmado

JUNHO
2 -THE WORLD'S 50 BEST RESTAURANTS 2020

SETEMBRO
12-13 -CHEFS ON FIRE 2020 – FOOD, FIRE & MUSIC Um festival em que os chefs cozinham exclusivamente com fogo durante mais de 24h. Ao fire pit e outras estruturas inéditas junta-se um cartaz de concertos, num projeto de slow cooking que celebra as origens da cozinha, bem como a simplicidade de esperar e de deixar que o tempo e o fogo cuidem dos alimentos


Últimos comentários

  • Anónimo

    Obrigado pelo esclarecimento.

  • Raul Lufinha

    Também coloquei essa questão – o que me foi dito é...

  • Anónimo

    Numa altura em que tanto se fala de igualdade, é a...

  • Raul Lufinha

    Muito obrigado!!!

  • Anónimo

    BRAVO !!!!👏👏👏👏EXCELENTE TEXTO !!

  • Raul Lufinha

  • Anónimo

    Parabéns Chef JOAQUIM de Sousa , Excelente !!!❤️🇵🇹...

  • Raul Lufinha

    1. A categoria das três estrelas é a mais importan...

  • Anónimo

    De verdade que não entendo porque perdem tanto tem...

  • Raul Lufinha

    1. O que é grave é que o que a Michelin anunciou q...



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D