Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Caves São João, Bairrada, branco, ano ilegível

por Raul Lufinha, em 05.01.16

João Paulo Martins

João Paulo Martins

Os vinhos até poderão ser velhos.

Mas por vezes o que está mesmo velho…

… é o rótulo!

Caves São João, Bairrada, branco, ano ilegível

Caves São João, Bairrada, branco, ano ilegível

Como sucedeu…

… com o sexto vinho da tertúlia!

Parcialmente rasgado…

… o rótulo apenas tinha legível a palavra “Bairrada”!

João Paulo Martins

Quem vê rótulos, não vê vinhos 

Já o líquido...

... estava evoluído e vibrante…

... com uma acidez bem integrada!

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:23

Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Branco Seco, Caves São João, 1987

por Raul Lufinha, em 21.12.15

João Paulo Martins

João Paulo Martins

Na tertúlia de João Paulo Martins, no CHAFARIZ DO VINHO, dedicada aos vinhos velhos…

… o quinto momento coube às Caves São João.

Com o Branco Seco…

… de 1987.

Provavelmente feito com Bical e Maria Gomes, o nome dado na Bairrada à casta Fernão Pires…

… e ainda em grande forma!

Branco Seco, Caves São João, 1987

Branco Seco, Caves São João, 1987

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:11

Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Dão Terras Altas, branco, 1969

por Raul Lufinha, em 17.12.15

João Paulo Martins

João Paulo Martins

João Paulo Martins

Notas de pólvora!

No austero e gastronómico Dão Terras Altas branco do já longínquo ano de 1969…

… que a José Maria da Fonseca então ainda engarrafava na própria região, na adega de Alcafache…

… o grande destaque foram as notas de pólvora...

... tão típicas dos bons vinhos velhos!

Dão Terras Altas, branco, 1969

Dão Terras Altas, branco, 1969

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:09

Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Cêpa Vélha, Alvarinho

por Raul Lufinha, em 11.12.15

João Paulo Martins

João Paulo Martins

Sem data mas já bastante evoluído…

… o terceiro vinho servido por João Paulo Martins…

… foi o Alvarinho Cêpa Vélha, da Região Demarcada do Vinho Verde.

Cêpa Vélha Alvarinho

Cêpa Vélha Alvarinho branco

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:40

Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Quinta do Côtto, branco, 1979

por Raul Lufinha, em 04.12.15

João Paulo Martins

João Paulo Martins

Feito no Douro, com a casta Avesso…

... o Quinta do Côtto de 1979, já com Miguel Champalimaud à frente da Casa Montez Champalimaud…

… é um branco com uma boa acidez.

A qual, quase 40 anos depois...

... continua a segurar a prova!

Quinta do Côtto branco 1979

Quinta do Côtto branco 1979

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

por Raul Lufinha, em 03.12.15

João Paulo Martins

João Paulo Martins 

Jornalista e crítico especializado em vinhos…

… João Paulo Martins promove tertúlias vínicas mensais na enoteca CHAFARIZ DO VINHO, em Lisboa.

Desta vez, o tema foi os vinhos velhos…

… tendo sido provadas e comentadas 19 preciosidades portuguesas, de idades muito diversas:

  1. Espumante Murganheira, 2000 (garrafa rara, guardada sempre em pé)
  2. Quinta do Côtto, branco, 1979
  3. Cêpa Vélha, branco, Alvarinho
  4. Dão Terras Altas, branco, 1969
  5. Branco Seco, Caves São João, 1987
  6. Caves São João, Bairrada, branco, ano ilegível
  7. Luís Pato Vinhas Velhas, branco, 2004
  8. Caves São João, Porta dos Cavaleiros, Dão, branco, data não identificável
  9. Vale Pradinhos, branco, 1966
  10. São Domingos Reserva, tinto, 1959
  11. Quinta de S. Miguel, tinto, sem data
  12. Quinta d'Aguieira, Garrafeira, tinto, 1961
  13. San Marco, Grande Reserva, tinto, 1964
  14. Frei João Reserva, tinto, 1966
  15. Grão Vasco tinto 1975
  16. Dão Terras Altas, sem data e 1975

(continua)

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:49

A nova geração… da Real Companhia Velha

por Raul Lufinha, em 03.05.14

Pedro O. Silva Reis, o rosto da nova geração

Nas empresas familiares, a sucessão é sempre um desafio crucial – sendo essencial assegurar que a mudança de geração não origina uma alteração do controlo familiar.

Daí ser extremamente importante envolver desde muito cedo a geração seguinte no negócio da família.

Como sucede na Real Companhia Velha, presidida por Pedro Silva Reis – por exemplo, o seu filho Pedro O. Silva Reis já acompanha directamente a actividade da empresa, assumindo a função de trade marketing manager na companhia fundada por alvará régio de El-Rei D. José I no longínquo ano de 1756.

… e o Evel Reserva tinto 2008 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:28

Jorge Moreira e o branco da Quinta das Carvalhas

por Raul Lufinha, em 14.03.14

Enólogo Jorge Moreira

Virada a Norte, a Quinta das Carvalhas fica em frente ao Pinhão, na encosta da margem esquerda do rio Douro, cobrindo toda a colina e ocupando também uma parte da encosta superior da margem direita do rio Torto.

É a quinta mais emblemática da Real Companhia Velha… e também a sua marca de vinhos topo de gama.

Daí que o Carvalhas branco 2011, com uma edição limitada a 4.500 garrafas, seja o vinho branco premium da Real Companhia Velha.

Tem a assinatura do enólogo Jorge Moreira e é produzido a partir de vinhas velhas, sendo utilizadas exclusivamente castas nacionais, nomeadamente Viosinho e Gouveio.

Apresentando um PVP recomendado de 22,50 €.

Carvalhas branco 2011 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:25

Alfrocheiro e Petit Verdot, os novos monocastas da Herdade das Servas

por Raul Lufinha, em 12.11.13

Luís Serrano Mira

Um exercício extremamente interessante é experimentar à mesa vinhos monovarietais que conseguem captar a essência da casta.

Como sucede com os novos Alfrocheiro e Petit Verdot da Herdade das Servas.

De facto, conforme explicou no Chafariz do Vinho o co-proprietário e director de enologia Luís Serrano Mira, “a Herdade das Servas só lança vinhos estremes quando são representativos da casta”.

Herdade das Servas Reserva Alfrocheiro tinto 2010

O Alfrocheiro, casta típica do Dão, está muito elegante, apresentando um perfil mais madurão. Inclusivamente aparenta ter um teor de açúcar superior ao real – mas não é açúcar residual, é mesmo o perfil da casta!

Herdade das Servas Reserva Petit Verdot tinto 2010

O Petit Verdot, casta clássica de Bordéus, tem um perfil diferente, mais fresco e mentolado – faz lembrar After Eight.

Ambos da colheita de 2010 e com o PVP 16,67 €, são duas experiências diferentes, únicas.

Fotografias: Marta Felino / Flash Food

Herdade das Servas, Estremoz, Alentejo, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:45


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D