Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Vinagre, o limpa palato

por Raul Lufinha, em 27.10.13

Vinagre

Entre o peixe e a carne – o mesmo é dizer, entre o branco e o tinto – o enólogo da Quinta do Encontro veio deixar a cada uma das mesas um pequeno copo com um pouco de líquido no fundo e uma colher para cada pessoa.

Perante a surpresa geral, Osvaldo Amado explicou que era… um limpa palato.

Vinagre!

E sugeriu que colocássemos apenas duas ou três gotas na língua, a fim de preparar o palato para o que viria a seguir.

E de facto assim foi – a acidez do vinagre limpou completamente a boca.

Era o novo vinagre de vinho tinto do Dão – Quinta de Cabriz – com 24 meses de maturação em barrica de carvalho francês de segundo uso… e 7% de acidez.

Osvaldo Amado

(continua)

QUINTA DO ENCONTRO | Rua de São Lourencinho, São Lourenço do Bairro, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Bacalhau

por Raul Lufinha, em 26.10.13

"Bacalhau confitado com creme de batata e espargos brancos"

Em contraponto ao tradicional sabor salgado do bacalhau, três abordagens diferentes que se complementam: o aveludado do creme de batata; a delicadeza dos espargos; e a intensidade da morcela crocante.

Encontro 1 branco 2012

Harmonizado com o topo de gama da Quinta do Encontro e um dos brancos de excelência da Bairrada para a Revista de Vinhos, o Encontro 1 já da nova colheita de 2012, 100% Arinto (PVP 40€).

(continua)

QUINTA DO ENCONTRO | Rua de São Lourencinho, São Lourenço do Bairro, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54

Vieira & Ervilhas

por Raul Lufinha, em 26.10.13

Uma vieira corada e tomate seco, no fundo de um prato de sopa...

... ao qual depois, já na mesa, foi adicionado um creme de ervilhas...

... abriram o almoço no restaurante da QUINTA DO ENCONTRO.

"Vieira corada com creme de ervilhas e tomate seco"

Encontro Espumante Bruto 2010

Tendo sido servido, de aperitivo e para acompanhar a entrada, o Encontro Espumante Bruto 2010 – frutado e fresco, é feito a partir de Arinto (50%), Bical (25%) e Maria Gomes (25%), sendo o espumante mais utilitário da Quinta do Encontro (PVP 5€).

(continua)

QUINTA DO ENCONTRO | Rua de São Lourencinho, São Lourenço do Bairro, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:38

Misturar uvas tintas e brancas

por Raul Lufinha, em 25.10.13

Enólogo Osvaldo Amado apresenta o Preto Branco Reserva tinto 2009

Antigamente, quando as vinhas eram selvagens, a prática era vindimar tudo junto – uvas tintas e brancas, todas misturadas.

Entretanto a viticultura evoluiu no sentido da separação das castas tintas e brancas.

Mas nos lagares caseiros e tradicionais mantém-se ainda hoje a prática ancestral de vindimar as uvas tintas e brancas em simultâneo.

Ora, é em homenagem a essa tradição imemorial que a Quinta do Encontro lançou o Preto Branco, um vinho tinto que assumidamente mistura ambas as uvas – para além das tintas Touriga Nacional (50%) e Baga (35%), inclui a branca Bical (15%).

Tendo sido o vinho mais surpreendente da prova na Quinta do Encontro conduzida pelo enólogo Osvaldo Amado no âmbito do “Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2013”.

Até pela excelente relação qualidade/preço: 7€.

Preto Branco Reserva tinto 2009, um dos nove vinhos provados

 

QUINTA DO ENCONTRO | Rua de São Lourencinho, São Lourenço do Bairro, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:18

Quinta do Encontro

por Raul Lufinha, em 24.10.13

Construído no topo de uma colina e rodeado de vinhas…

… o deslumbrante edifício da Quinta do Encontro é um espaço de enoturismo no coração da Bairrada que…

… para além de uma adega, inclui ainda um restaurante e uma esplanada.

 

QUINTA DO ENCONTRO | Rua de São Lourencinho, São Lourenço do Bairro, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:16

Pastéis de Águeda

por Raul Lufinha, em 21.10.13

Pastéis de Águeda

Uma das melhores iguarias da doçaria bairradina são os Pastéis de Águeda.

Os quais eram tradicionalmente confecionados de forma artesanal e cozidos em forno a lenha.

Sendo feitos com ovos, açúcar e amêndoa...

... e tendo uma textura delicada, na qual sobressai a estaladiça massa da base, bem como a fina e crocante cobertura de amêndoa no topo.

Sabores doces e intensos que harmonizam na perfeição com um colheita tardia de acidez elevada.

José Carvalheira, enólogo das Caves São João, e o colheita tardia Apartado 1

Pois foi precisamente essa a proposta das Caves São João, conjugar a doçura dos ovos, do açúcar e da amêndoa dos Pastéis de Águeda com a refrescante acidez do colheita tardia Apartado 1, de 2009, produzido com Semillon (60%) e Arinto (40%).

Resultou muito bem!

 

Caves São João | São João da Azenha, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

Visita às Caves São João

por Raul Lufinha, em 20.10.13

Fundadas em 1920 pelos irmãos José, Manuel e Albano Costa, as Caves São João continuam ainda hoje a ser uma empresa familiar, sendo o mais antigo produtor de vinhos em actividade na Bairrada.

De aperitivo, o Quinta do Poço do Lobo espumante 2008

Integrada no programa do “Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2013” e conduzida por Célia Alves, a visita às caves começou com um aperitivo, o espumante bruto Quinta do Poço do Lobo 2008, Arinto e Chardonnay.

Adega

A chegada ao museu, recheado de documentos históricos e peças vintage, marcou o fim da visita ao interior das Caves São João.

Museu

A seguir, o enólogo José Carvalheira conduziu uma prova dos vinhos das Caves São João.

Quinta do Poço do Lobo Reserva branco 2012

Tendo começado por apresentar o branco Quinta do Poço do Lobo Reserva 2012, feito com Arinto e Chardonnay.

Depois continuou com o espumante tinto bruto Caves São João, lançado no mercado dias antes e produzido a partir de Baga, Touriga Nacional e Syrah da colheita de 2011; o tinto São João Lote Especial 2010, um blend em que a Syrah é maioritária e que inclui ainda Touriga Nacional, Baga e Cabernet Sauvignon; o tinto Caves São João 2010 Baga / Touriga Nacional, que mantém o perfil Bairrada / Dão; o tinto Caves S. João Reserva Particular 1959; e o colheita tardia Apartado 1, de 2009.

Caves S. João Reserva Particular tinto 1959…

Tendo a grande sensação da prova sido indiscutivelmente o Reserva Particular da colheita de 1959 – com mais de meio século, continua inacreditavelmente vivo e elegante, com aquela personalidade única que só os vinhos velhos têm.

… decantado uma hora antes... e servido sob o olhar atento do enólogo José Carvalheira

É o vinho mais antigo que as Caves São João comercializam. Está à venda por 200€. 

 

Caves São João | São João da Azenha, Anadia, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:08

O segredo (também) está no corte

por Raul Lufinha, em 09.10.13

Vidal Agostinho

Assar leitões é uma arte – e Vidal Agostinho um dos seus maiores expoentes.

Mas um dos segredos para servir um excelente leitão assado no forno é saber cortá-lo.

Ora foi precisamente para mostrar como se corta um leitão que Vidal Agostinho o trouxe inteiro para a sala…

… e depois, num espectacular exercício de perícia e rapidez que marcou o jantar dedicado aos “Sabores da Terra” do “Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2013”, cortou-o à vista de toda a gente!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01

O leitão e os vinhos da Bairrada… num jantar comentado por Luís Antunes

por Raul Lufinha, em 08.10.13

A cadeira…

… de Luís Antunes

Um dos momentos mais aguardados do “Encontro com o Vinho e Sabores – Bairrada 2013” era o jantar vínico dedicado aos “Sabores da Terra”, comentado pelo crítico enogastronómico Luís Antunes, com o famoso leitão da região a ser harmonizado com os grandes vinhos da Bairrada.

Messias Blanc de Blancs espumante 2010

A abrir, o espumante Messias Blanc de Blancs 2010, das Caves Messias, que acompanhou rissóis de leitão, iscas de fígado de leitão com cebola e ainda rojões de costela.

Vidal Agostinho

Depois, dois pratos: primeiro, cabidela de leitão; e a seguir um magnífico leitão assado no forno, em que brilhou bem alto a arte do chef Vidal Agostinho – comprovando a fama de ser um dos melhores assadores da região.

E um desafio de Luís Antunes à sala: cruzar esses dois pratos com três vinhos – um espumante, um branco e um tinto. E perceber como cada um deles interagia com a comida.

O espumante era o inicial Messias Blanc de Blancs 2010.

O branco, o Garrafeira 2011 da Quinta das Bágeiras.

Quinta das Bágeiras Garrafeira branco 2011

E o tinto, o Foral de Cantanhede Grande Reserva Baga 2009, da Adega Cooperativa de Cantanhede.

Foral de Cantanhede Grande Reserva Baga tinto 2009

Terminado o leitão assado e concluída a experiência dos três vinhos com os dois pratos, deu-se um dos momentos mais interessantes e pedagógicos do jantar: Luís Antunes subiu a uma cadeira e promoveu um acalorado debate sobre a conjugação da cabidela e do leitão assado com cada um dos vinhos, o qual culminou com a sala a votar de braço no ar acerca das suas preferências!

São Domingos Cuvée espumante 2009

Para fechar uma grande noite, a sobremesa foram duas especialidades tradicionais da Bairrada – as papas de abóbora e o bolo da Páscoa – harmonizadas com o espumante São Domingos Cuvée 2009, das Caves do Solar de São Domingos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:10

Chef Gonçalo Soares: «No meu restaurante não entra leitão!»

por Raul Lufinha, em 04.10.13

Gonçalo Soares

O leitão assado da Bairrada é tão bom – e harmoniza tão bem com os vinhos locais, sejam espumantes, brancos ou tintos – que acaba por ofuscar a restante gastronomia tradicional da região.

Sendo porém cada vez maior o número de vozes que se levantam contra o unanimismo em torno da especialidade mais emblemática da Bairrada. Não apenas em defesa de iguarias como a chanfana ou a cabidela mas também chamando a atenção para a importância dos sabores do mar.

Como sucede com o experiente chef Gonçalo Soares, do restaurante MAGNUN'S & CO.

Especializado em peixe fresco do litoral bairradino e em marisco da ria de Aveiro, o bem-disposto chef Gonçalo Soares afirma taxativamente: «No meu restaurante não entra leitão!»

 

MAGNUN'S & CO | Espaço Inovação, Z.I. Vila Verde, Oliveira do Bairro, Portugal | Chef Gonçalo Soares

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:54


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Agenda

23/9 FOOD MEETS SCIENCE
24/9 ALENTEJO MARMÒRIS Pedro Mendes + Louis Anjos BON BON + Joaquim de Sousa JNĉQUOI & LADURÉE
24/9 IKIGAI by AVENIDA SUSHICAFÉ Daniel Rente + Isa Pires MIZU TEPPANYAKI + Kozue Morimoto À TERRA
24/9 THE BEST CHEF AWARDS 2019
26/9 EGOÍSTA Abade de Priscos, Jantar Rei D. Luís
28/9 SUSHI WINE PARTY
29 e 30/9 CONGRESSO DOS COZINHEIROS
3/10 RITZ'S SECRET ROOM Henrique Sá Pessoa ALMA + José Avillez BELCANTO
14/11 EGOÍSTA Infante D. Henrique, Plano Conquista Ceuta
20/11 GUIA MICHELIN ESPANHA & PORTUGAL 2020
1/12 ONCE UPON A KITCHEN
14/12 FÄVIKEN último serviço


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Sim, queijo e vinho é sempre uma maravilha!

  • Babi Baila

    Eu não entendo nada sobre queijos, mas sempre gost...

  • Luis

    Cerveja sem espumaVai lá vaiSo mesmo para bom ente...

  • Raul Lufinha

    Sim, muito estimulante!

  • Anónimo

    Muito bom !!!Bom produto e sabores fortes do Algar...

  • Raul Lufinha

    Sim, não é por acaso que é "a chef dos chefes"! ;-...

  • Taciana Felino Rodrigues

    A Maior Chef do Algarve !!!!! A Rainha 👑 !!!! Que...

  • Anónimo

    Pensava que tinha ido como convidado. Por uma ques...

  • Raul Lufinha

    Encontra aqui:https://www.thefork.pt/restaurante/b...

  • Anónimo

    Preço da refeição?


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D