Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Wine games… no Monte da Ravasqueira

por Raul Lufinha, em 30.10.16

Vasco Rosa Santos, Pedro Pereira Gonçalves, Manuel Moreira

Vasco Rosa Santos, Pedro Pereira Gonçalves, Manuel Moreira

Apreciar vinho também é um exercício mental.

Pelo que, no enoturismo do Monte da Ravasqueira, em Arraiolos, depois de um jantar tipicamente alentejano, houve Wine Games.

Tendo sido uma interessantíssima sessão, simultaneamente lúdica e pedagógica, conduzida pelo escanção Manuel Moreira, com o apoio dos enólogos da casa, Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos.

No total, foram quatro os desafios propostos por Manuel Moreira.

 

1) Wine Pairing

Para começar, duas listas – uma de pratos, outra de vinhos.

Para pôr a audiência a pensar que vinho pede cada prato.

E que prato pede cada um dos vinhos do Monte da Ravasqueira.

Não havendo naturalmente certos e errados, nem respostas definitivas – o objetivo é apenas pensarmos em voz alta como valorizar a comida através do vinho... e o vinho através da comida!

Wine Pairing

Food & Wine

 

2) Guess the Wine – Dry Tasting

Depois, um exercício muito estimulante e animado!

Que, aliás, qualquer pessoa pode facilmente replicar em casa!

Com feito, o que Manuel Moreira fez foi simplesmente apresentar a nota de prova de um dos vinhos servidos ao jantar… e desafiar os presentes a identificar, de entre esses vinhos do jantar, qual aquele que estava retratado na descrição que leu!

O que nem sempre é fácil…

Neste caso, sendo “violeta” a cor, certamente seria um dos tintos.

Contudo, depois há elementos que apontam mais do que um caminho – por exemplo, a mesma “violeta” pode ser uma referência à Touriga Nacional, mas pode também indicar a intensidade da extração…

Pelo que há que percorrer todo o texto, como se estivéssemos a fazer um puzzle…

Desta vez, a nota de prova lida por Manuel Moreira foi a que o enólogo Pedro Pereira Gonçalves escreveu sobre o Monte da Ravasqueira Reserva tinto 2014, um lote de Syrah e Touriga Nacional, com estágio em barrica.

Guess the Wine – Dry Tasting

Adivinhar o vinho…

Guess the Wine – Dry Tasting

… pela nota de prova

 

3) Descubra o Intruso

Ao terceiro exercício, a primeira prova.

Quatro copos – um, sem número; os restantes três, numerados.

Ora, no copo sem número está um vinho de lote, feito com duas castas.

Sendo o desafio o de descobrir, dos três varietais (copos 1, 2 ou 3), qual deles não pertence ao lote, qual deles é o intruso!

Depois de alguma discussão, Manuel Moreira deu uma ajuda.

O vinho do copo sem número era um lote de… Alvarinho e Viogner!

Pelo que seria então necessário descobrir, dos três monocastas, qual deles não era nem Alvarinho, nem Viogner!

A resposta chegou somente algum tempo depois: o copo 2 era Sauvignon Blanc!

Mas o jogo não ficou por aqui…

É que a seguir Manuel Moreira desafiou a sala a identificar, de entre os copos 1 e 3, qual deles era o Alvarinho e qual deles era o Viogner!

Efetivamente o floral e perfumado Alvarinho era o 1…!

E depois, ainda mais uma questão – provocadora – de Manuel Moreira: no lote, qual a casta predominante?

Na verdade, será cerca de 50% cada uma…!

Já para não falar da debatida comparação entre o lote final e cada uma das partes que o compõe...!

Tudo questões muito estimulantes que este exercício possibilita!

Descubra o Intruso

Um dos três não pertence ao lote

 

4) Três barricas diferentes

O último desafio da noite foi diferente.

Pedro Pereira Gonçalves e Vasco Rosa Santos trouxeram da cave um vinho, ainda não acabado, que está a estagiar em três barricas diferentes, das cerca de quinhentas existentes no Monte da Ravasqueira!

Ou seja, o mesmo vinho nos três copos – só muda a madeira.

Sendo o exercício o de identificar, dos três copos, qual o da tosta baixa, o da tosta média e o da tosta alta, ou seja, qual deles está mais influenciado pela barrica, pela madeira.

Exercício estimulante e que provocou bastante discussão na sala, mesmo depois de se saber que o vinho é um lote Syrah com 40% de Alicante Bouschet…

A resposta nestas coisas é sempre menos interessante do que a discussão gerada, mas aqui fica o registo de que a tosta alta era o 4 e a baixa o 5…

Três barricas diferentes

Tosta baixa, média e alta: qual é qual?

 

Bela homenagem à nobre arte de fazer vinho, foram quatro exercícios muito distintos, que nos fazem pensar.

Com efeito, 'wine games' também são 'mind games'.

 

Monte da Ravasqueira, Arraiolos, Portugal

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:02


1 comentário

De NINI a 31.10.2016 às 23:07

INTERSSANTE ..... Este DESAFIO !!!!

Comentar post



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    O CHEF MASSIMO BOTTURA e MARTA FELINO !!!!!

  • Raul Lufinha

    Sim Duarte, é um prato do outro mundo! Como diz o ...

  • Duartecalf

    Espetáculo!Estive na Osteria Francescana em 2013 m...

  • Marta Felino

    Grandes pratos! Cada vez mais depurados numa apare...

  • Vilabo, Lda

    vendemos copos de prova de azeite e vidros de reló...

  • NINI

    INTERSSANTE ..... Este DESAFIO !!!!

  • NINI

    Que Saudades do Palácio da Lousã ....!!!! Onde as ...

  • NINI

    " É um BAIRRO de LISBOA , CONCERTEZA ...."!!!!Gos...

  • NINI

    PARABÉNS .... Celebrem MUITOS !!!!!!!AO Chef Tomoa...

  • NINI

    Que. " LOUCURA " de Jantar...!!!!



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D