Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Inverno reconfortante no LA PARISIENNE, bistrot francês em Lisboa

por Raul Lufinha, em 06.12.16

Xavier Charrier

Xavier Charrier

No bistrot francês LA PARISIENNE, no centro de Lisboa, agora com a chegada do tempo frio e chuvoso, os pratos frescos de Xavier Charrier começam progressivamente a ceder o seu lugar às sugestões mais reconfortantes.

 

Carpaccio de Robalo

Carpaccio de Robalo | Com maracujá, azeite de sésamo e lima

 

Sopa de Peixe Caseira

Sopa de Peixe Caseira

Sopa de Peixe Caseira

Sopa de Peixe Caseira | A famosa Sopa de Cebola do LA PARISIENNE ganhou uma concorrente à altura! Em versão DIY, há que juntar o queijo Emmental, os croûtons e a maionese de alho e caril

 

Ovo ‘Meurette’

Ovo ‘Meurette’ | Um clássico da Borgonha: ovo escalfado em vinho tinto, tradicionalmente Pinot Noir

 

Cavala à Niçoise

Cavala à Niçoise | Predominando o sabor a funcho

 

Bochechas de Porco

Bochechas de Porco | Cozinhadas lenta e deliciosamente em vinho tinto. E acompanhadas de batata-doce e queijo azul. O prato da noite!

 

Pera cozida em Vinho do Porto

Pera cozida em Vinho do Porto | Com gelado de baunilha e bolacha caseira

 

Café gourmand caseiro

Café gourmand caseiro | Em que as mignardises foram crumble de pera; bolachas sablé, com manteiga e flor de sal; e trufa de chocolate

 

Os vinhos do jantar

Os vinhos do jantar | São João Espumante Bruto Rosé 2014 / Quinta da Ponte Pedrinha Branco 2015 / Lua Cheia em Vinhas Velhas Reserva Branco 2011 / Pegos Claros Reserva Tinto 2013 / Azul Portugal Porto Tawny 10 Years Old / Caves São João Aguardente Vínica Velhíssima 1966

 

Tomás Caldeira Cabral (responsável pela seleção de vinhos do jantar) & Xavier Charrier

Tomás Caldeira Cabral (responsável pela seleção de vinhos) & Xavier Charrier | A dupla do jantar

 

Ver também:

Paris em Lisboa (2014)

 

LA PARISIENNE

Largo Rafael Bordalo Pinheiro, 18, Lisboa, Portugal

Chef Xavier Charrier

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:06

Conversa à volta de vinhos doces… com Tomás Caldeira Cabral

por Raul Lufinha, em 19.12.13

Tomás Caldeira Cabral

O programa do Mercado de Vinhos do Campo Pequeno, em Lisboa, incluiu uma série de interessantes iniciativas paralelas.

Entre elas, uma prova comentada de vinhos doces portugueses conduzida por Tomás Caldeira Cabral...

... que se transformou numa longa e animada conversa sobre o que de melhor se faz em Portugal.

Foram cinco os vinhos provados.

Mas muitos mais os que foram falados e debatidos.

Tudo começou com um Colheita Tardia. Depois, um Moscatel Roxo. A que se seguiu o quase desconhecido Chico Maria, da Ilha Terceira, nos Açores. Tendo continuado com um Porto Branco 10 anos. Para terminar com um LBV de 2007.

Olho no Pé Colheita Tardia Douro 2010, Moscatel Roxo Xavier Santana 2009, Chico Maria, Vieira de Sousa Porto Branco 10 anos, Quinta do Noval Unfiltered LBV 2007

 

Sem dúvida, mais uma grande sessão de aprendizagem e troca de ideias.

 

Ver também:

Tomás Caldeira Cabral e os cursos de iniciação à prova de vinhos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:43

Tomás Caldeira Cabral e os cursos de iniciação à prova de vinhos

por Raul Lufinha, em 08.11.13

Tomás Caldeira Cabral

Especialista em vinhos, desde muito novo que Tomás Caldeira Cabral cultiva igualmente o gosto pela generosidade e pela partilha com os outros – partilha de conhecimentos mas também de bens materiais e até de tempo.

De modo que, se há actividade em que consegue conjugar essas duas paixões, é a de dar formação na área dos vinhos.

A qual tem vindo a desenvolver com regularidade ao longo dos anos...

... e cujo último exemplo foram os cursos de iniciação à prova que orientou no Mercado de Vinhos do Campo Pequeno, em Lisboa.

Com um profundo conhecimento do universo dos vinhos e uma sólida bagagem cultural – à qual não é alheia a sua formação superior em História – Tomás Caldeira Cabral tem a capacidade de ir para além do habitual jargão vínico.

Transformando sessões de prova de vinhos que poderiam ser somente técnicas... em estimulantes momentos de partilha de ideias e troca de experiências.

 

Ver também:

Conversa à volta de vinhos doces... com Tomás Caldeira Cabral

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:58


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Para memória futura: hoje, dia 05-02-2018, o SAPO ...

  • Raul Lufinha

    Entretanto, para memória futura, a 31-01-2018 já u...

  • Raul Lufinha

    Agradeço a informação, Pedro. Embora só possa lame...

  • Pedro

    Caro Raul,peço desculpa pelo meu comentário não es...

  • Raul Lufinha

    Obrigado Duarte. Acho que vais gostar, vai ser uma...

  • Duartecalf

    Parabéns pela reportagem.Confesso que nunca foi um...

  • Anónimo

    Fico muito feliz, em saber do selo Vegano! Havia p...

  • Anónimo

    Para além de alguns sitios mais "canalhas" na Baix...

  • Carlos Alexandre

    Quando estive na Tasca, há dois dias garantiram-me...

  • Raul Lufinha

    Não, acabou de me ser confirmado que efetivamente ...



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D