Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


LEOPOLD & BOI-CAVALO: Os vinhos

por Raul Lufinha, em 09.08.16

Tiago Feio, Olavo Silva, Hugo Brito

Tiago Feio, Olavo Silva, Hugo Brito

A seleção dos vinhos do jantar LEOPOLD & BOI-CAVALO num apartamento da Baixa de Lisboa ficou por conta de Olavo Silva – profissional polivalente e multifacetado com capacidade para tomar conta da cozinha, da sala e dos vinhos, que passou recentemente a integrar a equipa do LEOPOLD.

Tendo tudo começado com um cocktail de aperitivo que – como Tiago Feio anda a testar as inúmeras possibilidades que a utilização das algas lhe está a abrir – consistiu num refrescante Porto Branco Seco, com mel e um surpreendente… vinagre de algas!

Dalva Dry White Porto, mel e… vinagre de algas

Dalva Dry White Porto, mel e… vinagre de algas

Depois, para os quatro snacks – polvo, salicórnia, petingaabóbora – e também para o momento do pão e respetivos complementos, Olavo escolheu o Alvarinho Vale da Capucha, um varietal biológico da Região de Lisboa, perto de Torres Vedras e em frente ao mar, que Pedro Marques produz acentuando o seu lado mais salino e mineral.

Vale da Capucha Alvarinho branco 2013

Vale da Capucha Alvarinho branco 2013

A seguir, uma viagem à Região dos Vinhos Verdes para provar mais um vinho biológico, o deliciosamente evoluído Loureiro Afros, de Vasco Croft, já do ano de 2009, que acompanhou o ovo e as algas marinhas de Tiago Feio.

Afros Loureiro branco 2009

Afros Loureiro branco 2009

Depois, com o coelho de Hugo Brito e continuando nos vinhos de produção biológica que Os Goliardos fornecem ao LEOPOLD, um fabuloso Baga (75%) da Quinta da Serradinha, junto a Leiria, de 1999.

Quinta da Serradinha tinto 1999

Quinta da Serradinha tinto 1999

Quinta da Serradinha tinto 1999

Finalmente, com as sobremesas – em especial com o financier de Hugo Brito, porquanto a sobremesa de Tiago Feio era para beber – um Madeira, o sedutor e envolvente Tinta Negra Barbeito de 2004, engarrafado em Dezembro de 2015.

Barbeito Single Harvest 2004 Tinta Negra

Barbeito Single Harvest 2004 Tinta Negra

Barbeito Single Harvest 2004 Tinta Negra

Barbeito Single Harvest 2004 Tinta Negra

 

(fim)

Ver também:

LEOPOLD & BOI-CAVALO, jantar a quatro mãos num apartamento na Baixa de Lisboa

Fotografias: Raul Lufinha e Marta Felino

LEOPOLD | Pop-up Baixa House, Lisboa, Portugal | Chef Tiago Feio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52

LEOPOLD & BOI-CAVALO: Fruta ou chocolate?

por Raul Lufinha, em 08.08.16

Tiago Feio e as caixas de guloseimas do LEOPOLD

Tiago Feio e as caixas de guloseimas do LEOPOLD

A passagem para os sofás da sala trouxe novas conversas e outros sabores.

Tiago Feio propôs morangos e mirtilos biológicos.

E Hugo Brito apresentou duas mignardises que acompanharam o café de balão: iogurte desidratado e toffee de nectarina; e trufas de chocolate com ameixa e pumpernickle, o pão escuro alemão feito com centeio.

Ana Cachaço e Tiago Feio (LEOPOLD) com o convidado especial deste jantar Hugo Brito (BOI-CAVALO)

Ana Cachaço e Tiago Feio (LEOPOLD) com o chef convidado Hugo Brito (BOI-CAVALO)

Morangos biológicos (Tiago Feio)

Morangos biológicos (Tiago Feio)

Mirtilos biológicos (Tiago Feio)

Mirtilos biológicos (Tiago Feio)

Mirtilos biológicos (Tiago Feio)

Iogurte desidratado e toffee de nectarina (Hugo Brito)

Iogurte desidratado e toffee de nectarina (Hugo Brito)

Iogurte desidratado e toffee de nectarina (Hugo Brito)

Trufas de ameixa e pumpernickle (Hugo Brito)

Trufas de chocolate com ameixa e pumpernickle (Hugo Brito)

Trufas de chocolate com ameixa e pumpernickle (Hugo Brito)

Olavo e o café de balão

Olavo e o café de balão

Olavo e o café de balão

 

(continua)

Ver também:

LEOPOLD & BOI-CAVALO, jantar a quatro mãos num apartamento na Baixa de Lisboa

Fotografias: Raul Lufinha e Marta Felino

LEOPOLD | Pop-up Baixa House, Lisboa, Portugal | Chef Tiago Feio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:24

LEOPOLD & BOI-CAVALO: Polvo à Lagareiro… e não só (Hugo Brito)

por Raul Lufinha, em 03.08.16

Hugo Brito

Hugo Brito

Hugo Brito

Hugo Brito

Tiago Feio e Hugo Brito

Hugo Brito

Hugo Brito

O anfitrião Tiago Feio concedeu a Hugo Brito a honra de abrir o jantar.

Tendo o chef convidado apresentado como primeiro snack uma deliciosa criação tipicamente BOI-CAVALO.

Sobre um intenso creme de chouriço, uma estaladiça telha de arroz de jasmim cozido e desidratado, por cima da qual Hugo Brito coloca o saboroso polvo à lagareiro, com rebentos de soja e edamame, enrolado em papel de arroz!

Muito leve!

E muito bom!

Polvo

Polvo

(continua)

Ver também:

LEOPOLD & BOI-CAVALO, jantar a quatro mãos num apartamento na Baixa de Lisboa

Fotografias: Raul Lufinha e Marta Felino

LEOPOLD | Pop-up Baixa House, Lisboa, Portugal | Chef Tiago Feio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:23

LEOPOLD & BOI-CAVALO, jantar a quatro mãos num apartamento na Baixa de Lisboa

por Raul Lufinha, em 02.08.16

Tiago Feio (LEOPOLD) e Hugo Brito (BOI-CAVALO)

Tiago Feio (LEOPOLD) e Hugo Brito (BOI-CAVALO)

Antes de iniciar as últimas três semanas da residência gastronómica a solo nos apartamentos Baixa House, a partir de dia 10 de agosto…

… o LEOPOLD de Tiago Feio encerrou ainda em julho a quinzena inicial do pop-up de verão com dois jantares a quatro mãos únicos e muito especiais, para os quais convidou Hugo Brito do BOI-CAVALO.

Fazendo, aliás, todo o sentido juntar à mesma mesa o LEOPOLD e o BOI-CAVALO, pois apesar de Tiago Feio e Hugo Brito terem duas abordagens diametralmente opostas – um busca uma concentração depurada de sabores, o outro uma complexidade provocatória – podemos dizer de forma simplista que ambos se enquadram na linha do chamado movimento néo-bistrot: estimulantes restaurantes gastronómicos, inovadores e criativos, com menu de degustação, mas bastante informais e de preço mais acessível, de que são exemplo o LE CHATEAUBRIAND em Paris, o BROR em Copenhaga, o CONTRA em Nova Iorque ou o SEMILLA, em Brooklyn, este com uma estrela Michelin.

Mesa para oito pessoas

Mesa para oito pessoas…

Cozinha do apartamento ‘Jerónimos’

… na cozinha do apartamento ‘Jerónimos’

Olavo Silva, Hugo Brito, Tiago Feio, Ana Cachaço

Olavo Silva, Hugo Brito, Tiago Feio, Ana Cachaço

 

O jantar LEOPOLD & BOI-CAVALO:

Polvo à Lagareiro... e não só (Hugo Brito)

Puré de... salicórnia (Tiago Feio)

Churros... de petinga (Hugo Brito)

Abóbora anti-sal (Tiago Feio)

Pão... «e outras cenas!»

Que a proteína seja apenas o molho do vegetal (Tiago Feio)

Coelho à BOI-CAVALO (Hugo Brito)

Uma sobremesa para beber (Tiago Feio)

Sobremesa com twists (Hugo Brito)

Fruta ou chocolate?

Os vinhos

Fotografias: Raul Lufinha e Marta Felino

LEOPOLD | Pop-up Baixa House, Lisboa, Portugal | Chef Tiago Feio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:55

Claro que assim a Restaurant Week vale a pena…

por Raul Lufinha, em 03.03.14

O CLARO! não é daqueles restaurantes para se ir comer um prato – a cozinha elegante do chef, que o próprio gosta de definir como “simples, leve, honesta e cheia de sabor”, só atinge todo o seu esplendor se for apreciada ao longo dos menus que Vítor Claro constrói…

… e a sala, luminosa e com uma vista privilegiada sobre a foz do Tejo, também convida a que se desfrute da degustação de cada um desses sucessivos momentos.

De modo que, mesmo para a Restaurant Week, Vítor Claro faz questão de não renunciar à sua identidade... e, pelos mesmos 20 €, insiste em servir um menu de degustação imbatível.

Começando com a sua já clássica versão do Bacalhau à Conde da Guarda.

"Bacalhau à Conde da Guarda"

Depois, acompanhados por cebola frita e cebolinho, surgiu o foie gras e meia codorniz, com a coxa de escabeche e o peito cozido em vácuo, rosado e macio.

"Meia codorniz de escabeche e foie gras"

No terceiro momento brilhou a couve-flor, trabalhada de duas formas distintas.

Como se fosse arroz num risotto, ficando extremamente cremosa…

... e em pickle, feito no restaurante com um vinagre de vinho branco velho que lhe confere uma acidez rústica.

Acompanhada ainda por uma salada de ervas (salsa e cebolinho) enrolada em presunto.

"Couve-flor cremosa"

O peixe do dia era pargo, cozido em vácuo e servido com caldo do assado e com brócolos ralados suados em manteiga.

"Peixe do dia com caldo do assado à portuguesa"

A seguir, chegou a entremeada de porco com cenoura e pastinaca...

... sendo depois servido já na mesa um molho do cozido das carnes com pimenta.

Para acompanhar, gnocchi de trigo e batata feitos no CLARO!, com um sabor intenso a pimentão fumado.

"Entremeada de porco com molho de pimenta"

A sobremesa foi um prato novo que Vítor Claro anda a trabalhar e também resultou muito bem: maçã flambeada com aguardente, servida sobre uma cremosa redução de sumo de maçã com aipo e acompanhada de um praliné de nozes.

"Maçã salteada e praliné de nozes"

A finalizar, três variedades de chocolate feitas no restaurante: um fudge com frutos secos, um chocolate com uvas passas e ainda um outro com Nutella e café.

"Chocolate"

Um menu imperdível. Tudo tão bom que até parece simples – sendo efectivamente muito leve e saboroso.

Por último, um agradecimento especial ao Olavo Silva, exemplar na apresentação dos pratos e no acompanhamento da refeição.

 

Fotografias: Marta Felino / Flash Food

CLARO! | Hotel Solar Palmeiras, Avenida Marginal, Curva dos Pinheiros, Paço d’Arcos, Portugal | Chef Vítor Claro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:02


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Ana! É fascinante como num lugar tão rem...

  • Marta Felino

    Sem dúvida, Nini! Absolutamente memorável e emocio...


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D