Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Livros #10: As “viúvas” dos chefs

por Raul Lufinha, em 08.08.12

 

Para ser chef de cozinha profissional é preciso ter vocação. De facto, a vida de um chef é extremamente exigente em termos de dedicação à profissão, sendo essa aliás muitas vezes apontada como a principal razão para a maioria dos chefs serem homens. Muito exigente não apenas para si próprio mas também para os seus, sobrando ao chef muito pouco tempo para estar com a sua família.

 

Daí que na indústria da restauração as mulheres e namoradas dos chefs sejam por vezes chamadas de “viúvas”.

 

Não sendo raras as situações em que os casais, precisamente a fim de contornarem essa separação e ausência prolongada que a profissão do marido de outra forma imporia, encontram soluções para trabalhar em conjunto, com a mulher a ter uma actividade profissional complementar à do chef, seja no restaurante do marido ou na gestão da carreira do chef.

 

Ora, uma pessoa que viveu estas dificuldades foi a jornalista norte-americana Alyssa Shelasky, que agora as descreve no seu livro “Apron Anxiety: My Messy Affairs In and Out of the Kitchen”, editado no passado mês de Maio nos EUA.

 

Para além de contar a história (e as histórias) do seu relacionamento de dois anos e meio com um famoso chef com presença assídua na televisão norte-americana, Alyssa Shelasky relata (com receitas) o percurso da descoberta do seu amor pela cozinha desde a mais completa ignorância culinária até se ter transformado numa food blogger, com a criação do blog Apron Anxiety.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:32

Em casa do melhor chef do mundo

por Raul Lufinha, em 19.02.12

                                                                                              Fotografia: Ditte Isanger / Bon Appétit
 
A revista Bon Appétit publicou uma reportagem sobre um almoço de domingo em casa de René Redzepi, o chef dinamarquês do NOMA, considerado o melhor restaurante do mundo em 2010 e 2011, apesar de ter apenas 2 ** Michelin. Os convidados foram David Chang, chef dos restaurantes MOMOFUKU (incluindo o 2 ** 2012 MOMOFUKU KO e o #40 2011 MOMOFUKU SSÄM BAR, ambos em Nova York), Alessandro Porcelli, co-fundador do Cook It Raw, e o irlandês sub-chefe do NOMA, Trevor Moran. Curiosamente, o destaque da refeição foi o bolo feito pela mulher de René.  São ainda divulgadas muitas fotografiasquatro receitas – incluindo a do bolo.
 
NOMA | Strandgade 93, Copenhaga, Dinamarca | Chef René Redzepi

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:36


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Ana! É fascinante como num lugar tão rem...

  • Marta Felino

    Sem dúvida, Nini! Absolutamente memorável e emocio...

  • Marta Felino

    Ana, fico contente por estar a gostar! :)Foi, de f...

  • NINI

    MARAVILHA de CENÁRIO !!!! É DAQUELAS EXPERÊNCIAS ,...

  • Ana Dias

    "Esqueçam" o DiverXO, "esqueçam" o Faviken. Para "...



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D