Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Primavera no GUSTO: Heinz Beck e o lírio

por Raul Lufinha, em 06.04.15

Heinz Beck

Heinz Beck

Heinz Beck

Heinz Beck finalizando o primeiro prato

No GUSTO by Heinz Beck, o jantar de celebração da Primavera abriu com um prato do anfitrião!

Tendo o chef alemão Heinz Beck apresentado uma entrada da sua actual carta no LA PERGOLA, do Rome Cavalieri – Waldorf Astoria Hotels & Resorts, o único 3*** da capital italiana.

Com notas cítricas...

... era lírio marinado em yuzo e lemongrass…

… com guacamole e dois mini macarons de soja.

GUSTO

GUSTO

Amberjack, marinated in Yuzu and Lemongrass on Guacamole with Soya Macaron

Heinz Beck

 Heinz Beck

 

Ver também:

Heinz Beck celebra a Primavera com jantar de degustação no Conrad Algarve

 

GUSTO by Heinz Beck | Hotel Conrad Algarve, Estrada da Quinta do Lago, Almancil, Portugal | Chef Heinz Beck, Chef Residente Ivan Tronci

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:47

Paulo Morais e o lírio #3

por Raul Lufinha, em 14.09.12

Fotografia: Gerardo Santos / Global Imagens

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:21

Paulo Morais e o lírio #2

por Raul Lufinha, em 19.08.12

Fotografia: Gerardo Santos / Global Imagens

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:21

Paulo Morais e o lírio

por Raul Lufinha, em 28.06.12

Fotografia: Notícias Magazine

 

Em entrevista à Notícias Magazine, o chef Paulo Morais revela que um dos peixes que muito aprecia é o lírio:

“Foi por um acaso que veio parar às minhas mãos pela primeira vez, mas foi amor à primeira vista. Corria o ano de 2000, estava no Algarve, num projeto na Quinta do Lago, e o nosso fornecedor deixou na encomenda um lírio que ninguém quis. Provei o peixe e descobri uma textura compacta mas macia e com um sabor excecional.

 

O lírio é um peixe gordo, próximo do atum na consistência e por isso muito apreciado em receitas japonesas.

 

O lírio gosta de águas mais quentes e é habitual frequentador da nossa costa durante o verão. Encontra-se sobretudo na costa algarvia e nos arquipélagos da Madeira e dos Açores.”

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:28

Não há só robalo e cherne (II)

por Raul Lufinha, em 22.02.12
 
"Desde o início do ano que andamos a namorar o peixe vindo dos Açores. O lírio já tinha entrada livre no UMAI, mas aventurámo-nos noutras espécies.
 
Com a aposta na comercialização do pescado da região para o continente europeu, através de fortes estruturas de distribuição e da sua certificação, o pescado dos Açores chega ao continente em maior diversidade e em excelentes condições.
 
As vejas, congros, bicudas, escamudos, meros, sargos, lírios, peixe-porco, peixe-serra, boca-negra, alfonsinhos, garoupas, entre outros, chegam aos pratos dos continentais proporcionando diferentes confecções."

 

PAULO MORAIS e ANNA LINS, Chefs do UMAI, blog Restaurante UMAI, 7 Fev. 2012

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:31

Não há só robalo e cherne (I)

por Raul Lufinha, em 20.02.12

"Aproveitamos bem a oferta da nossa costa ou há peixes que desvalorizamos?"

 

"Acho que ainda há muito por explorar. A nossa costa não se resume ao robalo e ao cherne. Há o lírio, o goraz, o alfonsim ou o encharéu, por exemplo. Peixes que estão agora a começar a ser usados.

 

No meu caso, uso muito o peixe-porco, o lírio, o carapau, o encharéu e o atum.

 

No caso do atum, trabalho com o de Olhão. Há até uma empresa composta por capital japonês, sedeada no Algarve, que tem um cercado exclusivo para a pesca do atum, e que só vende para o Japão. Mas como nesta altura o mar é mais violento, eles desmontam o cercado e têm especialistas japoneses a escolher o atum dentro dos barcos."

 

PAULO MORAIS, Chef do UMAI, in Time Out Lisboa, 15-21 Fev. 2012

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:01


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Ana! É fascinante como num lugar tão rem...

  • Marta Felino

    Sem dúvida, Nini! Absolutamente memorável e emocio...


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




subscrever feeds