Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Porque é que no Japão não há tempura de carne?

por Raul Lufinha, em 16.03.12
 

Maria de Lourdes Modesto, no livro que reúne as suas crónicas para o Diário de Notícias (Palavra Puxa Receita, Verbo, 2005), conta-nos porque é que ainda hoje os japoneses fazem a tempura com peixes, mariscos e legumes mas não com carne:

"Tempura é a maneira japonesa de dizer Têmpora. Sou toda admiração perante aqueles peixes, mariscos e legumes envoltos naquela espécie de neve frita! E pensar que fomos nós, portugueses, que fazemos aqueles peixinhos da horta a lembrar pastilha elástica, que os iniciámos na arte de fritar!

 

A tempura é uma das marcas mais persistentes da nossa presença no Japão. Até ao século XVI, o século que foi chamado de cristão pela chegada dos missionários jesuítas ao Japão, desconhecia-se ali o método de cozer os alimentos numa gordura.

 

Os portugueses utilizavam a fritura com polme por altura das Têmporas, época de penitência, oração e acção de graças pelos frutos da terra, no início de cada estação do ano [e em que praticavam o jejum e a abstinência de carne].

 

Hoje os japoneses comem tempura o ano todo, mas associam-na ainda à Páscoa [e à abstinência de carne]. Ainda hoje a carne não faz parte da tempura. Apenas peixe, mariscos e vegetais."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Escabeche (Namban-zuke), outro clássico nipónico levado pelos navegadores portugueses para o Japão

por Raul Lufinha, em 09.03.12

 

"Outro método de conservação que deu origem a pratos bem característicos é a conservação em vinagre. Carnes, aves e peixes, especialmente em longas viagens, eram mantidos em vinagre que os impedia de se deteriorarem durante meses... assim surgiu o escabeche, técnica muito utilizada no Japão (Namban-zuke)."

 

PAULO MORAIS e ANNA LINS, Chefs do UMAI, blog Restaurante UMAI, 21 Fev. 2012

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:51

Tempura, um prato clássico da culinária japonesa levado pelos portugueses para o Japão no século XVI

por Raul Lufinha, em 02.03.12

 

"A tenpura [ou tempura, em Português], um prato clássico da culinária japonesa, foi levada pelos portugueses para o Japão no século XVI. Diz-se que os navegadores portugueses, ao permanecerem muito tempo a viajar, precisavam de conservar a comida. Por isso, mergulhavam o alimento na gordura animal – conservante natural. Quando iam consumir, apenas retiravam a comida da banha animal e colocavam numa panela, a própria gordura acabava por fritar a comida. O que deu origem à tenpura!!"

 

PAULO MORAIS e ANNA LINS, Chefs do UMAI, blog Restaurante UMAI, 21 Fev. 2012

 

UMAI | Rua da Cruz dos Poiais, 89, Lisboa, Portugal | Chef Paulo Morais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:50

"Portuguese Cuisine" (IV) - tempura

por Raul Lufinha, em 12.01.12

"I hadn't realized that the tempura style of cooking in Japan originated in Portugal and arrived with the Jesuits four-and-a half centuries ago."

 

BRUCE PALLING, crítico gastronómico do Wall Street Journal, Jan. 2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:10


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Ana! É fascinante como num lugar tão rem...

  • Marta Felino

    Sem dúvida, Nini! Absolutamente memorável e emocio...

  • Marta Felino

    Ana, fico contente por estar a gostar! :)Foi, de f...

  • NINI

    MARAVILHA de CENÁRIO !!!! É DAQUELAS EXPERÊNCIAS ,...

  • Ana Dias

    "Esqueçam" o DiverXO, "esqueçam" o Faviken. Para "...



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D