Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Prova comentada de Portos… LBV

por Raul Lufinha, em 24.10.15

Luís Antunes

Luís Antunes

Produzidos com uvas de uma só colheita e engarrafados entre o quarto e o sexto ano…

… os Late Bottled Vintage são cada vez mais uma alternativa de qualidade aos Porto Vintage.

José Maria Soares Franco

José Maria Soares Franco (Duorum)

Luciano Madureira

Luciano Madureira (enólogo da Rozès)

Sendo mais acessíveis…

… e estando preparados para o consumo imediato.

Luís Antunes

Luís Antunes e os LBV

Ora, acompanhando o crescente interesse de produtores e consumidores pelos LBV…

… no Festival do Vinho do Douro Superior, em Vila Nova de Foz Coa…

… Luís Antunes, crítico da Revista de Vinhos, conduziu uma prova comentada dedicada em exclusivo…

… aos Portos LBV do Douro Superior!

Os 12 LBV provados e comentados

Da direita para a esquerda, os doze LBV provados:

Rozès Quinta do Grifo LBV 2011

Duorum LBV 2010

Ferreira LBV 2010

Burmester LBV 2009

Cockburn’s LBV 2009

Conceito LBV 2009

Dow’s LBV 2009

Graham’s LBV 2009

Quinta do Crasto LBV 2008

Christie’s Butler Nephew LBV 2007

Warre’s LBV Tradicional 2003

Ramos Pinto LBV 1994

Os 2 LBV mais marcantes da prova

E os dois LBV mais marcantes da prova, precisamente os mais antigos:

Warre’s LBV Tradicional 2003

Ramos Pinto LBV 1994

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16

Porto… tónico

por Raul Lufinha, em 31.08.15

Porto... tónico!

Porto tónico

O Porto não é todo tinto…

Também há branco!

O qual funciona muito bem…

… com água tónica!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:20

Pic-Nic… no Douro

por Raul Lufinha, em 26.08.15

... e um barco a descer o Douro

Junto ao Rio Douro…

Um rosé, um branco e um tinto... da Casa Ferreirinha

… um rosé, um branco e um tinto da Casa Ferreirinha…

 ... e no fim um Porto Ferreira

… e ainda um Porto Ferreira…

Sogrape

… todos vinhos da responsabilidade…

Luís Sottomayor

… do enólogo Luís Sottomayor!

Antiga Quinta da Granja

Num pic-nic...

Antiga Quinta da Granja

… na antiga Quinta da Granja...

Rio Douro

... junto ao Rio Douro.

Rio Douro

A qual é atualmente parte integrante da Quinta da Leda

Quinta da Leda

… uma das mais emblemáticas quintas da Sogrape no Douro.

Casa Ferreirinha Vinha Grande Rosé 2014 / Casa Ferreirinha Planalto Branco Reserva 2014 / Casa Ferreirinha Papa Figos Tinto 2013 / Porto Ferreira Duque de Bragança 20 Years Old Tawny Porto

Para a história, ficam os quatros vinhos do pic-nic:

Casa Ferreirinha Vinha Grande Rosé 2014

Casa Ferreirinha Planalto Branco Reserva 2014

Casa Ferreirinha Papa Figos Tinto 2013

Porto Ferreira Duque de Bragança 20 Years Old Tawny Porto

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:31

Visita à Quinta da Leda

por Raul Lufinha, em 17.08.15

Luís Sottomayor

Conduzida pelo enólogo Luís Sottomayor...

Quinta da Leda

... o responsável pela equipa de enologia das quintas do Douro da Sogrape... 

Quinta da Leda

... a visita à Quinta da Leda...

Quinta da Leda

... começou pela adega...

Quinta da Leda, Vinha da Adega

... construída em 2001.

Quinta da Leda

Sendo possível observar ao longe...

Quinta da Leda

... algumas das vinhas que estão na origem...

Quinta da Leda

... do mítico Barca Velha. 

Quinta da Leda

Já no interior das instalações...

Luís Sottomayor

... o enólogo Luís Sottomayor...

Quinta da Leda

... apresentou a notável obra de engenharia que a adega é...

Quinta da Leda

... desenvolvida na vertical, de modo a utilizar a força da gravidade para movimentar as massas vínicas.

Quinta da Leda

Prosseguindo com a visita...

Quinta da Leda

... foi possível atravessar a Quinta da Leda – são mais de 76 hectares de vinha.

Quinta da Leda

E depois parar junto ao Douro... 

Quinta da Leda

... para Luís Sottomayor mostrar a modernidade da viticultura da Sogrape...

Quinta da Leda, Vinha do Apeadeiro

... usando como exemplo a Vinha do Apeadeiro.

Quinta da Leda

Localizada no Douro Superior...

Quinta da Leda

... a Quinta da Leda é seguramente...

Quinta da Leda

... uma das mais emblemáticas quintas da Ferreira. E da Sogrape.

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:29

A nova adega… do Palato do Côa

por Raul Lufinha, em 06.08.15

Palato do Côa

Palato do Côa

Três dos sócios

João Nuno Magalhães, enólogo Carlos Magalhães, Albano Magalhães

Na Quinta da Saudade, localizada na freguesia de Muxagata, concelho de Vila Nova de Foz Côa…

... em pleno Douro Superior…

… os produtores do vinho Palato do Côa concretizaram este ano o sonho de ter a sua própria adega.

Grande janela

Adega do Palato do Côa

Adega do Palato do Côa

Palato do Côa

Palato do Côa

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Palato do Côa | Quinta da Saudade, Muxagata, Vila Nova de Foz Côa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:41

Estação de Castelo Melhor, futuro Hotel Duorum?

por Raul Lufinha, em 11.07.15

Estação de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor

Em Vila Nova de Foz Côa, no Festival do Vinho do Douro Superior, José Maria Soares Franco anunciou a “construção” de uma unidade hoteleira da Duorum Vinhos na Quinta de Castelo Melhor.

Que na verdade é mais uma... “reconstrução”!

A ideia é recuperar a Estação de Castelo Melhor…

… e transformá-la num hotel com pequenos núcleos de apenas dois quartos.

Isto porque a Estação era na verdade um conjunto de edificações...

... não sendo composta apenas pelo edifício da estação propriamente dito, aquele mais conhecido e o que se encontra em menor estado de degradação.

Com efeito, para além desse edifício que ainda hoje conserva alguns dos azulejos originais e incluía a habitação do chefe da estação…

… havia ainda mais quatro casas de habitação:

– A do agulheiro, responsável pelo manejo das agulhas da via-férrea;

– A do cantoneiro, responsável pela limpeza e manutenção da linha;

– A do barqueiro, responsável pela travessia das pessoas entre as duas margens do Rio Douro;

– E também a do taberneiro!

Além de que cada um deles…

… tinha a sua horta!

Porém, atualmente… as casas estão todas em ruínas!

Será que alguma vez iremos ter aqui uma unidade hoteleira de excelência?

Estação de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor

Duorum

Rio Douro

Rio Douro

Estação de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor, na antiga Linha do Douro

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

Almoço na Quinta de Castelo Melhor

Descer a Quinta de Castelo Melhor até ao Douro… com José Maria Soares Franco ao volante

 

Duorum | Quinta de Castelo Melhor, EN 222, Km 216,18, Vila Nova de Foz Côa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:38

Descer a Quinta de Castelo Melhor até ao Douro… com José Maria Soares Franco ao volante

por Raul Lufinha, em 27.06.15

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Duorum

Rio Douro 

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

Almoço na Quinta de Castelo Melhor

Estação de Castelo Melhor, futuro Hotel Duorum?

 

Duorum | Quinta de Castelo Melhor, EN 222, Km 216,18, Vila Nova de Foz Côa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:19

Almoço na Quinta de Castelo Melhor

por Raul Lufinha, em 14.06.15

José Maria Soares Franco

José Maria Soares Franco mostrando...

Rio Douro... visto da Quinta de Castelo Melhor

… o Rio Douro

Duorum – palavra latina que faz lembrar “Douro” embora na verdade signifique “o que vem de dois”…

… é o projeto de João Portugal Ramos e José Maria Soares Franco no Douro Superior.

Cuja base é a fascinante Quinta de Castelo Melhor…

… que nos surpreende sempre a cada nova visita.

Quinta de Castelo Melhor

A casa, agora com relva

Amêndoas

Amêndoas, fritas em azeite e com sal

Tons de Duorum

Tons de Duorum branco 2014

Cozido à Portuguesa

Cozido…

Cozido à Portuguesa

… à Portuguesa…

Arroz

... com arroz…

Dois vinhos

… acompanhado por dois vinhos:

Duorum Colheita tinto 2013

Duorum Reserva tinto 2012 (rótulo provisório)

Sobremesa

Fruta, doce, queijo…

Amêndoas

… e amêndoas doces…

Vintage 2012

… com o Duorum Vintage Vinha de Castelo Melhor 2012

Margarida Soares Franco

Margarida Soares Franco… agradecendo à equipa de cozinha

Duorum

Os vinhos do almoço:

Tons de Duorum branco 2014

Duorum Colheita tinto 2013

Duorum Reserva tinto 2012 (rótulo provisório)

Duorum Vintage Vinha de Castelo Melhor 2012

Duorum

A beleza da vista, que atravessa a casa

Quinta de Castelo Melhor

José Maria e Margarida Soares Franco

Quinta de Castelo Melhor

… na Quinta de Castelo Melhor

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

Descer a Quinta de Castelo Melhor até ao Douro... com José Maria Soares Franco ao volante

Estação de Castelo Melhor, futuro Hotel Duorum?

 

Sobre a visita à Quinta de Castelo Melhor em 2013:

  1. O dito castelo
  2. A quinta
  3. A casa
  4. Dois Tons
  5. Colheita e Reserva
  6. A loucura das cotas… e da biodiversidade
  7. Os vintage
  8. No vale do Rio de Ouro

 

Duorum | Quinta de Castelo Melhor, EN 222, Km 216,18, Vila Nova de Foz Côa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:38

25 anos de Duas Quintas

por Raul Lufinha, em 07.06.15

25 anos

Prova histórica… 25 anos do Duas Quintas

Foi em 1990 que a Casa Ramos Pinto criou o Duas Quintas – faz agora 25 anos!

Um vinho de excelência produzido no Douro Superior com uvas provenientes precisamente de…

… duas quintas completamente diferentes!

Uma, a Quinta de Ervamoira, a apenas 150 metros de altitude, em solos de xisto e com um clima quente e seco, que permite maturações profundas e origina vinhos com uma boa estrutura, encorpados e muito concentrados.

Outra, a Quinta dos Bons Ares, numa encosta suave a 600 metros de altitude e num dos raros afloramentos graníticos da região do Douro, com um clima fresco e arejado, e uma maior precipitação, cujas uvas permitem produzir vinhos frescos e aromáticos, com uma boa acidez.

João Nicolau de Almeida

João Nicolau de Almeida, na Quinta de Ervamoira, conduzindo a prova dos 25 anos do Duas Quintas

Sendo o Duas Quintas uma criação de João Nicolau de Almeida.

Influenciado pelo seu Pai – Fernando Nicolau de Almeida, o criador do mítico Barca Velha…

… e também pelos conhecimentos então acabados de trazer da Universidade de Enologia de Bordéus.

António Barreto

António Barreto… elogiando a obra de João Nicolau de Almeida

Agora em 2015...

... na histórica prova dos 25 anos do Duas Quintas...

... começou-se por dois brancos!

Primeiro...

... o Duas Quintas da colheita do ano 2000, ainda muito vivo e a encher a boca.

E depois o novíssimo 2014.

Ano 2000

Duas Quintas branco 2000

2014

Duas Quintas branco 2014

Passando para os tintos...

... João Nicolau de Almeida apresentou o primeiro Duas Quintas de sempre...

... aquele que foi o início da história do Duas Quintas…

… o tinto de 1990!

E depois os de 1994 e 2001...

... a que se seguiu o fabuloso 2007, equilibradíssimo e perfeito, com um nervo, uma frescura, uma mineralidade... absolutamente incrível...

... para terminar com o novo 2013.

1990, o início da história Duas Quintas!

Duas Quintas tinto 1990

1994

Duas Quintas tinto 1994

2001

Duas Quintas tinto 2001

Duas Quintas tinto 2007, talvez o melhor vinho da prova!

Duas Quintas tinto 2007

2013

Duas Quintas tinto 2013

A seguir, João Nicolau de Almeida apresentou os Reserva.

Tendo começado pelo de 1991, o primeiro Duas Quintas Reserva!

E tendo depois continuado pelos de 1994, 2000 e 2008…

… terminando no de 2012.

Reserva 1991

Duas Quintas Reserva tinto 1991

Reserva 1994

Duas Quintas Reserva tinto 1994

Reserva 2000

Duas Quintas Reserva tinto 2000

Reserva 2008

Duas Quintas Reserva tinto 2008

Reserva 2012

Duas Quintas Reserva tinto 2012

Tendo sido uma prova histórica…

… pelos vinhos, claro…

... por ter sido conduzida pelo próprio criador do Duas Quintas, João Nicolau de Almeida... 

… e também por ter sido realizada na Quinta de Ervamoira, uma das duas quintas do Duas Quintas!

25 anos de Duas Quintas... na Quinta de Ervamoira

Uma prova histórica… na Quinta de Ervamoira

Contudo, afinal...

... a prova ainda não tinha terminado!

João Nicolau de Almeida

João Nicolau de Almeida

É que no jantar que se lhe seguiu...

... João Nicolau de Almeida apresentou mais dois Duas Quintas que não estiveram na prova inicial.

O recente Reserva de 2013…

… e também o Reserva de 1995.

Reserva 2013

Duas Quintas Reserva tinto 2013

Reserva 1995

Duas Quintas Reserva tinto 1995

Sendo já noite quando se regressou à aldeia de Muxagata em jipes da Casa Ramos Pinto…

… para apanhar o autocarro de volta a Foz Côa.

Aldeia de Muxagata

Ir de jipe… para o autocarro

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

A Quinta de Ervamoira

por Raul Lufinha, em 30.05.15

Ervamoira, quinta e museu

chegar de jipe é mais fácil

beleza esmagadora

Quinta de Ervamoira 

Quando se avista a Quinta de Ervamoira ao longe, para além da beleza esmagadora de todo o conjunto, o que mais impressiona é a variedade de exposições da vinha – sempre plantada na vertical, há vinha por todo o lado e virada para todos os lados, subindo e descendo as suaves colinas de um anfiteatro natural único!

Aliás, foi a primeira quinta do Douro a ser plantada ao alto e por talhões – apenas uma casta por talhão.

Pertencente à Casa Ramos Pinto e localizada na sub-região do Douro Superior, junto à aldeia de Muxagata, a Quinta de Ervamoira tem uma área total de 234 hectares.

A maior parte dos quais teriam ficados submersos se tivesse avançado a barragem do Côa – entretanto cancelada em 1996 devido à descoberta de gravuras rupestres.

Com uma altitude entre os 110 e os 340 metros, a Quinta de Ervamoira está na origem de vinhos muito encorpados e concentrados.

Sendo também uma das quintas do emblemático… ‘Duas Quintas’!

Jogo de luzes... na Quinta de Ervamoira

fim de tarde

paraíso salvo pelas gravuras rupestres

janelas para a vinha

Primavera

anfiteatro natural

Quinta de Ervamoira  

 

Ver também:

O Douro Superior é um festival

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:32


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    Parabéns PADARIA PORTUGUESA !!!!!DESAFIO e CONVIDO...

  • NINI

    O Palácio de Seteais , é um Clássico desde o SEC. ...

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D