Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Chefs à Pesca… e peixe grelhado na praia

por Raul Lufinha, em 02.07.17

Flávio Silva, Paulo Matias, Craig Grozier, Luís Barradas, Luís Gaspar, Samuel da Rosa, David Coelho, Joe Best

Flávio Silva, Paulo Matias, Craig Grozier, Luís Barradas, Luís Gaspar, Samuel da Rosa, David Coelho, Joe Best

Luís Barradas gosta de desafiar os chefes a pescarem o peixe que depois vão cozinhar.

Pelo que a terceira edição do Chefs à Pesca foi integrada no Vagos Sensation Gourmet, que decorre este fim de semana na Praia da Vagueira. 

Sendo uma homenagem à tradicional Arte Xávega, forma de pesca costeira artesanal em que a embarcação sai para o mar deixando uma extremidade da rede em terra, recorrendo-se depois, no fim da faina, ao auxílio de juntas de bois e à força braçal para recolher, de volta ao areal, as redes e o barco.

Porém, a vida do mar é difícil – e muitas vezes ingrata.

No sábado de manhã, devido às vagas de três metros e à bandeira encarnada na Praia da Vagueira, não foi possível aos pescadores saírem ao mar.

Mas, ainda assim, houve animação na areia e peixe fresco grelhado na praia!

 

Luís Barradas

Luís Barradas

Luís Barradas e Paulo Matias

Luís Barradas e Paulo Matias

Mário Cerdeira

Luís Barradas

Mário Cerdeira

À esquerda, Mário Cerdeira, o mentor da iniciativa

Julieta Aparício

No final, Julieta Aparício veio dar uma mãozinha aos chefes

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

Nas faldas da serra algarvia, o MUSSIENE

por Raul Lufinha, em 27.08.12

Fotografia: Ricardo Brito / MUSSIENE

 

No Monte de São José, sobranceiro à vila de São Bartolomeu de Messines e nas faldas da serra algarvia, fica o MUSSIENE, restaurante que é um projecto pessoal do chef David Coelho e cujo nome é a mais antiga referência escrita à actual São Bartolomeu de Messines, feita em 1189 por um cruzado anónimo que assistiu à conquista de Silves aos mouros por D. Sancho I.

 

Ora, é neste local improvável que David Coelho pratica uma cozinha de proximidade, privilegiando os produtos e os sabores da região e chegando inclusivamente a utilizar frutas e legumes de produção familiar.

 

O que foi notório desde logo no couvert, que aqui ganha o nome de “Merenda do Chefe”: pão serrano, manteiga de ervas, azeitonas de época e queijo fresco de cabra algarvia com geleia de marmelo.

 

E depois também no amuse bouche, filete de biqueirão com vinagre balsâmico reduzido:

 

Fotografia: MFR

 

A seguir, chegou a primeira escolha da noite: figos com presunto serrano e espuma de requeijão algarvio, servidos com uma redução de vinagre balsâmico diferente da anterior, mais doce mas com acidez. Com a particularidade de os figos terem sido apanhados a poucas centenas de metros do restaurante. Uma composição muito saborosa e visualmente bastante conseguida:

 

Fotografia: MFR

 

Depois, dois pratos de peixe divididos previamente na cozinha. Primeiro, um naco de atum da costa algarvia de cebolada com vinho da Madeira, sobre batata perfumada com alecrim:

 

Fotografia: MFR

 

E a seguir polvo confitado em azeite e orégãos, com batata-doce de Aljezur assada e grelos de couve:

 

Fotografia: MFR

 

Passando à sobremesa, também em duas meias-doses divididas na cozinha, primeiro, uma “espécie” de cheesecake de requeijão de cabra algarvia com molho de morangos – muito intenso o sabor do requeijão:

 

Fotografia: MFR

 

E depois uma mousse de chocolate branco com gelado de frutos silvestres e uma bolacha de massa folhada, sobremesa que já acompanha o chef há vários anos:

 

Fotografia: MFR

 

Tendo a refeição terminado com a oferta de um cálice de licor de murta caseiro:

 

Fotografia: MFR

 

Curiosamente, apesar de a cozinha do MUSSIENE ter uma lógica de proximidade, o vinho da casa não é algarvio – é o Burmester DOC Douro. Sendo uma pena que os vinhos do Algarve (ainda) não tenham capacidade comercial para concorrer com outras zonas do país.

 

Uma nota final para uma homenagem ao grande profissional que é Nélson Castanheira, o chefe de sala do MUSSIENE que, apesar de completamente sozinho, prestou um serviço exemplar. Inclusivamente, sem nunca ter cruzado os talheres que ia colocando e retirando (ou seja, em todas as mesas colocava/retirava as facas e as colheres pelo lado direito dos clientes e os garfos pelo lado esquerdo, sem nunca se atravessar à frente dos clientes). Sendo ainda mais notável o seu desempenho quando muitos restaurantes estrelados não chegam a ter esta qualidade de serviço.

 

Desarmante foi a resposta que deu quando interpelado sobre o nível do serviço de sala do MUSSIENE: «Eu sou aluno da Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa – a das Olaias! E não sei fazer de outra forma, foi assim que aprendi. Só se, devido a um momento de excesso de serviço, estivesse muito distraído…»

 

MUSSIENE | Monte de São José, São Bartolomeu de Messines, Portugal | Chef David Coelho

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:31


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Marta Felino

    Mais uma experiência espetacular e memorável no mu...

  • Marta Felino

    Que surpresa, Chef Miguel Paulino! Foi um grande m...

  • NINI

    Espectacular o " Famoso Leitão do Mugasa ( bairrad...

  • Susana Coelho

    Sem dúvida, que este Chef Leonel Pereira é único e...

  • Marta Felino

    Muitos, muitos, parabéns, Chef Leonel Pereira!Mais...

  • Duartecalf

    Obrigado pelo esclarecimento!

  • Raul Lufinha

    Cronologicamente, Duarte, é ao contrário – o Samue...

  • Duartecalf

    Olá Raul,Este restaurante não está/esteve ligado a...

  • Dacosta

    A DACOSTA - comércio e distribuição de bebidas (ww...

  • ana araujo

    Já provei alguns sabores e gostei muito. Recomendo



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D