Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


António Nobre e a couve-flor

por Raul Lufinha, em 21.12.13

Chef António Nobre e a couve-flor

No âmbito do projecto da “Rota dos Recursos Silvestres” da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, o chef António Nobre também trabalhou produtos alentejanos provenientes da actividade agrícola.

Por exemplo, a couve-flor.

Que serviu para preparar um saboroso creme de couve-flor com salteado de... cogumelos silvestres.

 

DEGUST’AR | Hotel M’AR De AR Aqueduto, Rua Cândido dos Reis, 72, Évora, Portugal | Chef António Nobre

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:38

A couve-flor cremosa de Vítor Claro

por Raul Lufinha, em 17.12.13

Chef Vítor Claro

Umas das especialidades de Vítor Claro é a deliciosa couve-flor que o chef chama de “cremosa”.

A qual é trabalhada como se fosse um risotto – mas em que o arroz é substituído pela couve.

"Couve-flor cremosa, presunto da Beira Baixa e ervas"

Ou seja, sente-se perfeitamente a textura da couve-flor – que não é passada, apenas cortada em pequenos pedaços…

… e sobressai ainda o sabor intenso e envolvente do queijo dos Açores.

A couve-flor cremosa

A acompanhar, uma tábua minimalista com um pickle de couve-flor...

... e presunto da Beira Baixa com ervas – Vítor Claro sempre gostou de juntar couve-flor e presunto.

... e a tábua

É uma das entradas do menu de almoço do CLARO!... e funciona na perfeição.

 

Ver também:

Vítor Claro e o salmonete cozido… no caldo do cozido de grão

 

CLARO! | Hotel Solar Palmeiras, Avenida Marginal, Curva dos Pinheiros, Paço d’Arcos, Portugal | Chef Vítor Claro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:10

AAMANNS ETABLISSEMENT: (V) Porco, como manda a tradição

por Raul Lufinha, em 18.05.13

"Grambogård pork breast braised with ale, honey and vinegar, warm cabbage & pickled mustard seeds"

Após a revolução industrial, o porco transformou-se no principal alimento da população dinamarquesa – e as batatas com bacon no seu prato mais emblemático. Só na década passada, com o aparecimento da Nova Cozinha Nórdica, focada na utilização de ingredientes locais e de vegetais, é que o panorama começou a mudar.

Daí ser natural que o prato principal de um menu tradicional seja… carne de porco. Cozinhada lentamente no forno durante seis horas, com cerveja, vinagre, mel e mostarda. E acompanhada de puré de couve-flor, bem como de três variedades de couves.

(continua)

Fotografia: Marta Felino / Flash Food

AAMANNS ETABLISSEMENT | Øster Farimagsgade, 12, Copenhaga, Dinarmarca | Chef Adam Aamann

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:55

NOMA: (XXV) A couve que brilha em flor

por Raul Lufinha, em 26.04.13

"Cauliflower and pine, Cream and horseradish"

Mais um prato muito aromático, com um forte perfume a pinheiro e em que a couve-flor é caramelizada na frigideira.

Sendo depois finalizado na mesa a dois tempos.

Primeiro, é vertido sobre a couve-flor um caldo de soro de leite e pinheiro.

E a seguir é colocada de lado uma colher de crème fraîche com rábano picante.

(continua)

Fotografias: Marta Felino / Flash Food

NOMA | Strandgade 93, Copenhaga, Dinamarca | Chef René Redzepi

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28


Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    Parabéns PADARIA PORTUGUESA !!!!!DESAFIO e CONVIDO...

  • NINI

    O Palácio de Seteais , é um Clássico desde o SEC. ...

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D