Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Com Johan Sandelin na VETE–KATTEN, a mais emblemática pastelaria de Estocolmo

por Raul Lufinha, em 24.04.17

Johan Sandelin

Johan Sandelin

Há sempre restaurantes que pertencem aos próprios chefes de cozinha.

Contudo, no universo dos chefes pasteleiros tal já não sucede com a mesma frequência.

Poucos são os pasteleiros que arriscam abrir um negócio em nome próprio.

Dominique Ansel, o criador do Cronut, em Nova Iorque, será atualmente o mais conhecido a nível mundial – saiu do DANIEL para abrir a sua ‘bakery’ no Soho e agora até foi considerado The World’s Best Pastry Chef 2017.

Mas por cá também temos casos de sucesso. Como o ‘chocolatier’ Francisco Siopa, que, após sair da FORTALEZA DO GUINCHO, abriu as suas lojas SIOPA, nos mercados de Cascais e Campo de Ourique, em Lisboa.

Porém, o mais comum é os chefes pasteleiros de sucesso serem responsáveis pelas sobremesas… de restaurantes de terceiros.

Possivelmente tudo passará também por uma questão de feitio – as caraterísticas essenciais a um bom pasteleiro (rigor, controlo, segurança) não serão muito compatíveis com a incerteza do espírito empreendedor e a necessidade de improviso de quem vai à aventura…

Embora cada caso seja um caso, claro…

Por exemplo, em Estocolmo, a mais emblemática pastelaria da capital sueca e uma verdadeira instituição nacional… está nas mãos de um chefe pasteleiro!

Fundada em 1928, a histórica VETE–KATTEN foi comprada em 2012 pelo mestre pasteleiro Johan Sandelin, que já trabalhava na casa desde 1997.

Sendo bonito ver uma pastelaria… nas mãos de um pasteleiro!

VETE–KATTEN

A histórica pastelaria VETE–KATTEN é uma instituição em Estocolmo

Johan Sandelin

Johan Sandelin e os ‘Semla’

VETE–KATTEN

‘Semla’, o tão famoso quanto delicioso bolo com creme de amêndoa, cardamomo e natas

VETE–KATTEN

‘Kanel’, popular bolo seco com um sabor intenso a canela

VETE–KATTEN

‘Prinsess’, o maravilhoso ‘Bolo da Princesa’. Com pistácio, baunilha e framboesa...

VETE–KATTEN

... para comer à fatia

VETE–KATTEN

A entrada da pastelaria VETE–KATTEN, no centro de Estocolmo

 

Fotografias: Marta Felino e Raul Lufinha

VETE–KATTEN

Kungsgatan, 55, Estocolmo, Suécia

Chef Johan Sandelin

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:09



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • Raul Lufinha

    Para memória futura: hoje, dia 05-02-2018, o SAPO ...

  • Raul Lufinha

    Entretanto, para memória futura, a 31-01-2018 já u...

  • Raul Lufinha

    Agradeço a informação, Pedro. Embora só possa lame...

  • Pedro

    Caro Raul,peço desculpa pelo meu comentário não es...

  • Raul Lufinha

    Obrigado Duarte. Acho que vais gostar, vai ser uma...

  • Duartecalf

    Parabéns pela reportagem.Confesso que nunca foi um...

  • Anónimo

    Fico muito feliz, em saber do selo Vegano! Havia p...

  • Anónimo

    Para além de alguns sitios mais "canalhas" na Baix...

  • Carlos Alexandre

    Quando estive na Tasca, há dois dias garantiram-me...

  • Raul Lufinha

    Não, acabou de me ser confirmado que efetivamente ...



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D