Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Cada vez gosto mais do APICIUS

por Raul Lufinha, em 02.06.15

O casal do APICIUS

Francisco Magalhães e Joana Xardoné

Em Lisboa, ainda há quem resista!

Ainda há quem não se renda aos hamburguers e aos petiscos… e continue, com paixão e criatividade, a fazer a sua cozinha!

Como acontece com o Francisco Magalhães e a Joana Xardoné, o casal de cozinheiros do APICIUS!

Que, em vez de desistirem a favor do conforto da comida fácil, reforçaram ainda mais a sua aposta na cozinha de autor…

… e agora também têm menus de degustação!

pão com manteiga

A versão longa do menu de degustação desta noite começou com pão de Mafra e manteiga de alho… servidos em pratos individuais

Batata ratte

Batata ratte… e maionese de salsa

Ostra

Ostra… com gelatina de maracujá e coentros

Iogurte de foie gras

Prato maravilhoso: iogurte de foie gras… beterraba assada… e cacau! Fresco, leve, guloso!

Carapau

Carapau de escabeche, com rabanetes e limão… e um excelente puré de escabeche, feito com os legumes do escabeche (cenoura, cebola…) Muito bom e refrescante!

Pregado

Francisco Magalhães trabalha muito bem a couve-flor: pregado com gema de ovo… caldo de shitake… e couve-flor caramelizada!

Coração de alface

Língua de vitela… coração de alface, na brasa… daikon fermentado no APICIUS… e um fabuloso leite de amêndoas!

Foie-gras

Quando menos se espera… o que chega é mais foie gras! Para comer à mão… num pão ao vapor… um generoso escalope de foie gras com pepino fermentado! Maravilhoso!

Gengibre

A primeira de duas sobremesas de grande nível: bolacha de gengibre… sorbet de maçã verde… espuma de um ginger ale feito no APICIUS com gengibre, limão e abacaxi… cubos de maçã… e um ótimo requeijão salgado, a puxar pelo sabor!

Avelã

Panna cotta de alecrim… crunchy de avelãs caramelizadas… gelado de avelã, nada doce e com imenso sabor a avelã… e ainda um elemento surpresa – cogumelos desidratados!

A dupla criativa do APICIUS

Francisco Magalhães, Joana Xardoné… e o Sebastião, na barriga da Mãe

Cada vez dá mais gosto ir ao APICIUS…

… um restaurante para quem gosta de comer o que não se come em nenhum outro sítio!

 

Ver também:

O auspicioso APICIUS (Agosto 2014)

 

Fotografias: Marta Felino

APICIUS | Rua da Cruz dos Poiais, 89, São Bento, Lisboa, Portugal | Chefs Francisco Magalhães e Joana Xardoné

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:35


4 comentários

De David Geraldes a 02.06.2015 às 15:34

Boas. Infelizmente a minha experiência cm outra pessoa foi bastante negativa, pela falta de comida nos pratos, ao preço que são vendidos, pagar 18€ por um prato de língua de vitela que só traz umas poucas folhas de alface e umas tiras de pickles, em que saímos com fome, pagando uns 50 euros para duas pessoas, em que uma escalivada de legumes com um pregado a 17 ou a 18€, trazia duas tiras de pimento outras de mais 2 legumes e um caldo, resultado, mto dinheiro, pouca comida, mto triste, de uma equipa, que tanto me prometia pois já acompanho o seu trabalho à bastante tempo e sou também cozinheiro.

De Raul Lufinha a 06.06.2015 às 22:11

Se o problema é pouca quantidade – o que nunca me aconteceu no APICIUS – a solução é muito fácil, basta pedir mais.
Se o problema fosse pouca qualidade é que seria preocupante.

De Anónimo a 07.06.2015 às 19:36

D facto, mas como se sentir á vontade para pedir mais guarnição quando não há guarnições á parte e o preço cobrado já é mais do que suficiente para trazer um ou vários acompanhamentos?Trabalhei em vários restaurantes e 2 com estrelas, e estas quantidades só se davam em degustação . A qualidade não pode ser justificação para o preço cobrado nem á quantidade servida. A qualidade existe de facto pois eu acompanho a equippa desde o 2780 nunca esteve em questão :).

De Raul Lufinha a 07.06.2015 às 20:25

Fico contente que goste da qualidade do APICIUS – aí estamos de acordo.
Quanto à quantidade, pode-se sempre pedir mais! E não é pedir mais guarnição, é pedir mais daquilo que se achou pouco… ou daquilo que se quer mais! Embora, como lhe disse, nunca tenha tido essa necessidade no APICIUS. Mas, por vezes, também peço mais – especialmente quando está muito bom. Qual é o problema? Pedir mais é um elogio!
Quanto ao preço, acaba por ser sempre relativo. O que lhe posso dizer é que sempre paguei no APICIUS e continuo a achar que é dos restaurantes em Lisboa que melhor relação qualidade-preço tem. Sendo certo que estamos a falar de uma cozinha de autor, de uma cozinha criativa e original, e que isso também deve ser tido em conta.

Comentar post



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    O CHEF MASSIMO BOTTURA e MARTA FELINO !!!!!

  • Raul Lufinha

    Sim Duarte, é um prato do outro mundo! Como diz o ...

  • Duartecalf

    Espetáculo!Estive na Osteria Francescana em 2013 m...

  • Marta Felino

    Grandes pratos! Cada vez mais depurados numa apare...

  • Vilabo, Lda

    vendemos copos de prova de azeite e vidros de reló...

  • NINI

    INTERSSANTE ..... Este DESAFIO !!!!

  • NINI

    Que Saudades do Palácio da Lousã ....!!!! Onde as ...

  • NINI

    " É um BAIRRO de LISBOA , CONCERTEZA ...."!!!!Gos...

  • NINI

    PARABÉNS .... Celebrem MUITOS !!!!!!!AO Chef Tomoa...

  • NINI

    Que. " LOUCURA " de Jantar...!!!!



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D