Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A garrafa da soda Fitz’s…

por Raul Lufinha, em 25.11.14

fitz's .jpeg

Fitz’s Root Beer

A garrafa da soda Fitz’s é a prova de que, para se apreciar devidamente uma criação gastronómica, é preciso ter memória, é preciso ter passado, é preciso ter conhecimento e cultura gastronómica.

Com efeito, quando o chef do WD~50 Wylie Dufresne abriu em Nova York o ainda mais informal ALDER, decidiu que iria fazer uma sobremesa em homenagem à root beer – que não é necessariamente uma bebida alcoólica mas antes um refrigerante, uma soda, que muitos americanos beberam na infância… e também um gelado – a combinação clássica era natas e root beer.

Então, depois de muitas experiências com diversas marcas de sodas, a escolha de Wylie Dufresne recaiu na Fitz’s, uma root beer de St. Louis, no Missouri…

… tendo a sobremesa resultado num pequeno copo com três camadas sucessivas:

– em baixo e castanho, um ‘custard’ de root beer, feito com o refrigerante mas também com rebuçados de root beer…;

– no meio, branco, natas batidas, a fazer lembrar a outra metade dos gelados de root beer das crianças americanas;

– e no topo, pó de caju, pó de nougatine de caju fumado e... pó de rebuçados de root beer!

O problema desta sobremesa…

… especialmente para um europeu que nunca tenha bebido uma root beer ou comido um gelado destes na vida…

… é que o sabor é intragável! Sabe a farmácia, sabe a medicamento, sabe a desinfectante!

Daí que no ALDER, para quem não esteja familiarizado com o sabor e pretenda perceber o que está a comer… eles vão buscar ao bar e oferecem uma garrafa de root beer!

E efectivamente, depois de provar a soda, a sobremesa faz mais sentido! Percebe-se que é aquele sabor difícil e estranho que ali está, embora trabalhado numa sobremesa.

Mas não deixa de ser uma sobremesa que só faz verdadeiramente sentido para quem cresceu com o sabor da root beer, para quem foi educado para esse gosto aparentemente estranho – um estrangeiro não a consegue apreciar devidamente.

Aliás, tal como a nossa cozinha, que faz todo o sentido… para quem cresceu com ela! Para um estrangeiro, seja inspector ou não, é sempre mais difícil…

pudding .jpeg

Root Beer Pudding

 

Ver também:

No ALDER de Wylie Dufresne

Os ovos de codorniz de Wylie Dufresne no ALDER

Wylie Dufresne nunca faria folhados de salsicha…

 

Fotografias: Marta Felino

ALDER | 157 2nd. Avenue, Nova York, EUA | Chef Wylie Dufresne, Executive Chef Jon Bignelli

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:56



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    " Os OLHOS , também COMEM " !!!Excelente Brunch ....

  • Isabel Barbedo

    Fui por duas vezes à taberna do Avillez ...Escolh...

  • NINI

    " A Moqueca do Chef Anderson Sousa " , é mesmo exc...

  • NINI

    Parabéns PADARIA PORTUGUESA !!!!!DESAFIO e CONVIDO...

  • NINI

    O Palácio de Seteais , é um Clássico desde o SEC. ...

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D