Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Lago Kivu… e Chiapas

por Raul Lufinha, em 07.02.16

Edições Limitadas Nespresso UMUTIMA e TANIM

Ruanda & México

Beber um café é uma experiência que nos leva sempre bem longe.

E desta vez, com os dois novos Grands Crus Limited Edition da Nespresso, ambos de Arábica, vamos até ao Ruanda e ao México:

– UMUTIMA, feito a partir de café cultivado nas margens do Lago Kivu, no Ruanda, e em que se destaca o seu carácter frutado. Intensidade 6.

– TANIM, que utiliza o café produzido nos solos vulcânicos de Chiapas, no México, merecendo realce as notas de frutos secos. Intensidade 7.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:10

Vinhos Velhos de João Paulo Martins: Vale Pradinhos, branco, 1966

por Raul Lufinha, em 06.02.16

 João Paulo Martins, os apetrechos dos apreciadores de vinhos velhos e o Vale Pradinhos branco de 1966

João Paulo Martins, os apetrechos dos apreciadores de vinhos velhos e o Vale Pradinhos branco de 1966

Na sua tertúlia dedicada aos vinhos velhos que decorreu no CHAFARIZ DO VINHO...

... João Paulo Martins não queria servir este branco – já não estava em condições!

Contudo, como a audiência insistiu tanto, João Paulo Martins, em boa hora, lá acedeu...

... e acabou por dar a provar o Vale Pradinhos de 1966.

Já passado, é verdade...

... mas com uma boca bastante mais interessante do que o nariz poderia supor!

Tendo acabado por ser o momento mais pedagógico da noite...

... não apenas pela prova em si...

... mas também pela estimulante discussão que gerou!

Muitas vezes, mais importante do que mostrar o que é bom...

... é mostrar o que não está bom!

 

Ver também:

As tertúlias de João Paulo Martins... no CHAFARIZ DO VINHO

 

Enoteca CHAFARIZ DO VINHO | Rua da Mãe d'Água à Praça da Alegria, Lisboa, Portugal

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05

Giorgio Damasio e o Risotto dos Descobrimentos

por Raul Lufinha, em 05.02.16

Giorgio Damasio

Giorgio Damasio

Para Giorgio Damasio, um risotto em Lisboa é sempre um regresso às origens...

... um voltar ao início!

Com efeito, o conceituado chef genovês chegou à capital portuguesa no ano 2000 precisamente para fazer...

... risotos e pastas no restaurante CIPRIANI de Franco Luise, no hotel Lapa Palace!

Os ingredientes do risotto de choco

Os ingredientes

E atualmente na carta do POPULI, no Terreiro do Paço, em Lisboa, Giorgio Damasio tem um risotto tão popular, o chamado ‘Risotto dos Descobrimentos’...

... que não o consegue tirar da carta!

Agora o objetivo é tentar que saia no final de Março...

... para dar lugar a uma nova secção de pratos tradicionais portugueses, com dois arrozes, um de polvo e outro de peixe, duas cataplanas e duas massadas.

Veremos se os clientes vão deixar…

18 a 20 minutos

18 a 20 minutos, sempre a mexer e a juntar conchas de caldo

Embora até lá tenhamos a certeza de poder continuar a desfrutar no POPULI...

... de um fabuloso risotto de choco com tinta!

Embelezado com um camarão...

... passado por azeite e alho!

Manteiga e Camarão

Manteiga e Camarão

Tendo Giorgio Damasio contado ainda que no risotto...

... há três grandes segredos!

O primeiro segredo é o arroz – tem de ser de qualidade e de preferência das variedades Carnaroli ou Vialone Nano, muito ricas em amido, de modo a aguentarem a cozedura e ficarem al dente.

O segundo segredo é o caldo – o risotto não é feito com água mas com caldo! E, no risotto de choco, Giorgio Damasio faz previamente um caldo precisamente com… choco! Além de que o caldo é sempre junto quente e somente concha-a-concha, sendo necessário estar sempre a mexer o arroz, ao contrário do que sucede em Portugal com os arrozes tradicionais.

E o terceiro segredo, com o objetivo de dar cremosidade e ligação ao risotto, é a ‘mantecatura’. Ou seja, a junção, já no final e fora do lume, de manteiga fresca e fria (20 g por pessoa) e eventualmente de um pouco de azeite e de queijo parmesão – embora Giorgio Damasio tenha aprendido com os seus mestres a não juntar queijo aos risotos de peixe e marisco.

Risotto dos Descobrimentos

'Risotto dos Descobrimentos'

Sendo este 'Risotto dos Descobrimentos'...

... um risotto autêntico!

E imperdível!

 

POPULI | Ala Nascente do Terreiro do Paço, 85/86, Lisboa, Portugal | Chef Giorgio Damasio

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:32

Artur Dzierzbicki, chef da seleção polaca de futebol

por Raul Lufinha, em 03.02.16

Artur Dzierzbicki

Artur Dzierzbicki

Artur Dzierzbicki é o chef da seleção polaca de futebol.

Tendo estado no restaurante CLUBHOUSE, do Belas Clube de Campo…

… para uma degustação de especialidades polacas!

Gastronomia polaca

Gastronomia polaca: Pato / Arenque / Legumes / Beterraba

Merecendo especial destaque…

… a clássica sopa de beterraba…

… o arenque marinado em vinho tinto, com especiarias e ervas…

… a abóbora estufada com ginjas…

… e a tarte de pera!

 

CLUBHOUSE | Alameda do Aqueduto, Belas Clube de Campo, Portugal | Chef Cláudia Lopes

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:56

O Pastel de Nata de Tiago Bonito

por Raul Lufinha, em 01.02.16

Tiago Bonito no LISBOETA

Tiago Bonito no LISBOETA

Quando deixou o Algarve em meados do ano passado para vir abrir o restaurante da Pousada de Lisboa, Tiago Bonito começou a reparar que nas pastelarias da capital, após pedir um Pastel de Nata, por vezes lhe perguntavam se o queria… «com ou sem colher?»

Havendo muitos clientes com o hábito de começar por comer o recheio, à colher… e só depois a massa!

Então, Tiago Bonito lembrou-se de fazer no LISBOETA um Pastel de Nata… ao contrário!

Com a “caixinha” virada para baixo… e ainda quente!

Ficando o recheio escondido… e líquido!

Ou seja, uma espécie de coulant!

Acompanhado...

... de um gelado de canela… sobre uma areia, também de canela!

... de um coulis de limão… fruto que faz parte da receita original e traz uma agradável acidez à sobremesa!

... de um crocante… de caramelo!

... e de um estaladiço, feito com a mesma massa folhada do pastel de nata… no que seria a base do pastel se ele não estivesse invertido!

Tendo ainda uma redução de café, que… para além de ser uma referência à bebida que mais acompanha o Pastel de Natal, acrescenta ao conjunto um complexo e sedutor sabor amargo!

"O nosso Pastel de Nata…" por Tiago Bonito

'O nosso Pastel de Nata…'

Diferente do tradicional, claro…

… e muito bom!

 

Fotografias: Raul Lufinha / Marta Felino

LISBOETA | Pousada de Lisboa, Praça do Comércio, 31-34, Lisboa, Portugal | Chef Tiago Bonito

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:35

Pág. 3/3



Partilha de experiências e emoções gastronómicas

Raul Lufinha

Facebook


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Últimos comentários

  • NINI

    FANTÁSTICO !!!! Fico muito contente.....!!!! Ser "...

  • Marta Felino

    Brutal! Ambos na mesma cidade! NY tem agora o melh...

  • NINI

    Adoro LAMPREIA !!!!! Recordações dos tempos em Coi...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Nuno! :-)

  • Raul Lufinha

    Pois Nini, o René Redzepi não tem nenhum casaco de...

  • Nuno Pombo

    Relato maravilhoso. Já inscrevi essa experiência n...

  • NINI

    O CASACO DE PELES DO MAGNUS " , abriu-me o " OLHO ...

  • Raul Lufinha

    Sim Nini, ir ao FÄVIKEN é uma peregrinação que fic...

  • Raul Lufinha

    Obrigado, Ana! É fascinante como num lugar tão rem...

  • Marta Felino

    Sem dúvida, Nini! Absolutamente memorável e emocio...



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D




subscrever feeds